8 BONS MOTIVOS PARA LIGAR PARA O SEU PEDIATRA

Crianças adoecem e pais ficam inseguros. Crianças crescem , mudam de comportamento e pais ficam sem saber o que é “normal”. Pais ficam com receio de incomodar seu pediatra ou de parecerem ansiosos ou preocupados em excesso. Nunca deixe de ligar para seu pediatra por estes motivos- receio de incomodar ou parecer inseguro demais. Ligue e ligue logo. Não espere até sexta à noite para dizer que estão preocupados desde terça, mas que não queriam incomodar!

A seguir, 8 bons motivos para ligar para o seu pediatra:

1- Achar que criança está diferente ou estranha. Sua sensibilidade é muito importante. Mesmo que não haja nada objetivo, se achar que seu filho está “esquisito”,  ou “diferente”, não espere, ligue.

2- Febre em bebês com menos de 3 meses. Todo bebê, com menos de 3 meses que apresentar uma temperatura acima de 37,5º deve ser examinada pelo pediatra. Ligue.

3- Vômitos que não param. Se o seu filho vomitar uma ou duas vezes, conseguindo beber um pouco de líquido, você pode aguardar e ver a evolução, antes de ligar. Agora, se os vômitos forem constantes e/ou em jato, ligue para seu pediatra ou procure atendimento de urgência.

4- Febre alta por mais de 48/72 hs. Habitualmente os resfriados comuns começam com coriza e um pouco de tosse. A seguir aparece a febre. Caso a febre persista alta (acima de 38,5º) por mais de 2 ou 3 dias, vale a pena ligar para o seu médico.

5- Choro inconsolável.  Se o seu filho ou filha apresentar um choro que não passa, inconsolável, ligue para o seu pediatra. Antes, tente acalmá-lo e veja se consegue descobrir se o choro está relacionado com algum tipo de dor (ouvido, barriga, cabeça) ou se está com febre (coloque um termômetro). Muito provavelmente o pediatra vai lhe perguntar sobre dor e febre e o telefonema pode ser mais eficiente se já tiver essas informações.

6- Respiração rápida, cansaço. Se perceber que seu filho está respirando mais rápido, com esforço, cansado, ligue ou procure atendimento de emergência.

7- Trauma importante. No caso de quedas, com pancada na cabeça ou quando não consegue mexer um membro (braço, perna), procure atendimento de emergência e ligue para seu pediatra. Também deve fazer o mesmo em casos de cortes ou ferimentos grandes ou que não consiga estancar o sangramento com uma boa compressão (apertar forte, com uma gaze, por alguns minutos).

8- Finalmente, um motivo que muitas mães e pais se esquecem- dar retorno. Se você falou com seu pediatra ou se saiu do seu consultório com uma situação que tem uma evolução, ligue também para dizer que melhorou. Se não quiser interromper seu pediatra, deixe um recado com sua secretária, informando que ligou para dizer que melhorou. Pediatras ficam com os casos vistos na cabeça, preocupados. Ligar para dizer que está melhor é importante.

Claro que existem motivos onde uma ligação não é absolutamente necessária. Vou dar 3 exemplos:

1- Consulta de rotina, por telefone. Não ligue para falar de crescimento, alimentação, sono, escola, vitaminas etc. Isso merece uma consulta ao vivo.

2- Dúvidas que podem esperar a consulta de rotina. Não esto encontrando a pomada para assadura, qual seria o melhor substituto? Será que já posso colocá-lo na aula de natação?

3- Comentar matérias que saem na mídia ou que leu na internet. Aguarde a sua próxima consulta para, aí sim, falar sobre tudo que leu e como isso lhe impactou.

É óbvio que uma lista de motivos para se ligar (ou não ligar) sempre será incompleta. Lembre-se o primeiro motivo desta relação, talvez o mais importante. Não é preciso ter um “bom motivo”, objetivo, se a sua sensibilidade diz que algo importante não vai bem. Ligue.

Se quiser, me mande situações específicas para que eu opine sobre ligar ou não para o pediatra.

 

9 pensamentos sobre “8 BONS MOTIVOS PARA LIGAR PARA O SEU PEDIATRA

    • Mauricio,
      Boa pergunta, que exige outras: a filha está sem febre? brincando normalmente? bebendo líquidos? magrinha? não come as refeições, mas come “bobagens”? Dependendo das respostas, pode esperar mais um pouco, antes de ligar para o pediatra. Mas, lembre-se que não precisa ter um motivo objetivo para ligar. Se está preocupado, ligue!

  1. meu neto de 4 anos se ele ta correndo ou nao começa a tosse e logo depois fica meio k bufando e meio cançado damos inalaçao com 3 gotas de berotec e vai de vagar passando e’ taro mas ta aconteçendo fc preoucupada

  2. meu neto de 11 anos que de um mês prá cá chega do colégio a tardinha dorme e fica com febre sem ter motivo como gripe resfriado toma antitérmico e fica bom parece ki nem teve febre dia anterior o que pode ser é grave?

  3. Eu uso nebolizador para aliviar a tosse e o espirros da minha filha, é certo fazer isso? Ela tem 8 meses

    • Prezada Rafaela,
      O Conselho Federal de Medicina proíbe consultas pela internet. Opinar sobre a sua filha seria irresponsabilidade minha.Por esse motivo o blog não substitui uma consulta.Sugiro consultar um pediatra porque é preciso saber a causa da tosse e dos epirros para poder definir o melhor tratamento. Mas, de um modo geral, o uso de soro fisiológico no nariz ou nebulizado em bebês é uma medida correta. Tanto mais que, nessa idade, não se deve usar xaropes e outros medicamentos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s