VACINA CONTRA A GRIPE

De 5 a 25 de maio deste ano (2012) o Ministério da Saúde estará realizando a campanha de vacinação contra a Gripe. A recomendação do CDC de Atlanta (órgão que faz todo o controle de doenças infecciosas nos Estados Unidos) é de que TODAS  as pessoas, a partir de 6 meses de idade, sejam vacinadas contra a Gripe. Como os custos de vacinar a todos são elevados, o Ministério da Saúde do Brasil oferece esta vacina, gratuitamente, aos grupos de maior risco, que são:

  • crianças de 6 meses a 2 anos de idade
  • grávidas
  • maiores de 60 anos
  • trabalhadores da saúde
  • indígenas

No entanto, qualquer pessoa que tenha recursos e deseje ser vacinada, poderá fazê-lo nas clínicas privadas de vacinação. Minha recomendação é de que todos que puderem, devem ser vacinados.

Gostaria de comentar alguns aspectos da vacina contra a Gripe:

  1. A Gripe é uma doença produzida pelo virus Influenza. Esta doença se manifesta com febre alta, dores no corpo, nariz escorrendo, tosse, mantendo a pessoa acamada por, em torno de uma semana. A Gripe pode evoluir para pneumonia e morte, por isso é considerada uma doença importante em termos de saúde pública. A GRIPE NÃO É MESMA COISA QUE UM RESFRIADO COMUM.  O resfriado comum se parece com a Gripe, mas é mais brando (leve). O resfriado comum é produzido por um número muito grande de virus (Resfriado Comum).
  2. Como a Gripe e o resfriado comum são doenças diferentes, a vacina contra a Gripe só protege contra a Gripe e não protege contra o resfriado comum. Isso é muito importante porque muita gente, por confundir Gripe com resfriado comum, se queixa de que a vacina ” não funcionou” porque ficou resfriada. Portanto, não se deve ter nenhuma expectativa de proteção contra o resfriado comum. Nossos filhos vão continuar a ficar resfriados!
  3. A vacina contra a Gripe é completamente segura. Ela é feita a partir de virus inativado e não tem a menor possibilidade de produzir nem Gripe, nem resfriado em quem a toma.
  4. A vacina contra a Gripe é muito eficaz. No entanto, como com quase todas as vacinas, sua proteção nunca é de 100%. Hoje, estima-se que a eficácia da vacina seja de 90%, o que é um excelente nível de proteção.
  5. Número de doses- para as crianças que não tomaram nenhuma dose no ano passado, deverão ser dadas duas doses, com um intervalo mínimo de 28 dias entre as doses. Para as crianças que tomaram uma ou duas doses no ano passado, uma única dose será necessária este ano. Para crianças maiores de 9 anos e adultos, uma única dose é necessária.
  6. A vacina precisar ser repetida anualmente porque o nível de anticorpos cai e também porque a composição dos virus pode variar. Este ano,  a vacina é composta pelos mesmos três virus do ano passado. A decisão sobre quais virus devem estar contidos na vacina é dada pela Organização Mundial da Saúde, todos os anos.
  7. A vacina deve ser dada por via intramuscular. Para as crianças entre 6 meses e 2 anos a dose é de 0,25 ml. Para todas as outras pessoas, a dose é de 0,5ml.
  8. A vacina pode ser dada simultaneamente com outras, desde que aplicadas em locais diferentes.
  9. A vacina pode produzir alguma reação local como dor ou discreto edema (inchado). Em alguns casos, pode produzir febre baixa que dura entre um e dois dias.

O mais importante é que não existe nenhum argumento que justifique não vacinar seu filho ou qualquer pessoa contra a Gripe. A época de vacinar é agora, antes ou no início do inverno que é a estação com maior circulação do virus.

Assistam ao vídeo da campanha do Ministério da Saúde http://www.youtube.com/watch?v=3e2cOGSbXJs  e divulgue para amigos e familiares.

Vacine seus filhos e sua família.

Se você tiver qualquer dúvida com relação à vacinação contra a Gripe, por favor envie-a para mim.

96 pensamentos sobre “VACINA CONTRA A GRIPE

  1. Boa tarde, Dr. Roberto!
    Gostaria de tirar uma dúvida quanto à vacina da gripe: meu filho tem 1 ano e 3 meses. Ele fez a primeira dose da vacina da gripe no dia 12 de abril. No dia 04/05 fui à clínica fazer a vacina contra a varicela (por recomendação do pediatra), mas as atendentes disseram que não poderia ser feita naquele dia, porque a vacina da gripe estava reagindo e atrapalharia o efeito da varicela, e que então ela deveria ser feita no mesmo dia que ele tomasse a segunda dose da gripe. Hoje ele tomou a segunda dose da gripe. Contudo, a vacinadora do posto de saúde (SUS) disse hoje que eu deveria esperar 15 dias após a da gripe para fazer a da varicela. Quem tem razão? Faço hoje ou espero 15 dias?
    Outra dúvida: na carteira de vacinação dele tem a previsão da vacinadora do SUS para fazer a segunda dose da tríplice viral agora (aos 15 meses). Contudo, comentei isso com o pediatra na sexta-feira passada, e ele disse que é só uma dose, aos 12 meses, que ele já tomou. Mas a vacinadora me disse hoje que é uma nova orientação do Min. Saúde aqui pra região do RS. Na dúvida, pesquisei na internet, inclusive no calendário de vacinação do Min. Saúde, e em todos os lugares só falam da 1a dose aos 12 meses e a segunda a partir dos 4 anos. Ainda não fiz, pois fiquei em dúvida … quem tem razão?
    Se puder me ajudar, agradeço.
    Sandra

    • Prezada Sandra,
      Seu filho poderia ter tomado a vacina contra a Varicela no dia 04/05, bem como poderia ter tomado hoje, junto com a de gripe. Vacinas de virus morto, como é o caso da de gripe, não interferem com as de virus vivo, como é o caso da de Varicela. Podem ser dadas juntas ou sem intervalo mínimo entre elas. Somente quando duas vacinas de virus vivo são dadas é que, ou são feitas no mesmo dia ou é preciso um intervalo de 4 semanas entre elas. Portanto, pode fazer a vacina de Varicela hoje, amanhã ou dentro de 15 dias.
      Quanto à vacina tríplice viral (Sarampo,Rubéola e Caxumba), não entendi se ele já tomou uma dose. Se já tomou, não há nenhum motivo para ele tomar a segunda dose aos 15 meses. Por favor verifique se ele tomou a primeira dose da tríplice viral.

  2. Dr. Roberto,

    Sim, ele já tomou a primeira dose da tríplice viral aos 12 meses. Mas, realmente, vi na internet que, a partir de janeiro deste ano, o governo alterou o calendário com relação a essa vacina, determinando que a segunda dose seja aos 15 meses – favor acessar os links: http://www.sbim.org.br/wp-content/uploads/2013/02/informe-tecnico-001-2013_esquema-mmr-e-mmrv_130225.pdf e http://www.sgc.goias.gov.br/upload/arquivos/2013-01/nota-tecnica–01-2013-alter-do-esquema-vacinal-das-vacinas-triplice-viral-rotaviexclrus.pdf. Contudo, no calendário oficial de vacinação no site do Min. Saúde aparece somente a 1a dose aos 12 meses.

    Então, quanto à da varicela, se eu fizer a tríplice viral na semana que vem, posso fazer a varicela no mesmo dia, independetemente da gripe, que fiz hoje, correto?

    Obrigada,

    Sandra

    • Sandra,
      Veja o que o Ministério da Saúde postou no seu site em agosto de 2012:

      A vacina será disponibilizada ao Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde a partir de agosto de 2013. Será aplicada em duas doses: a primeira, quando a criança tem 12 meses, e a segunda, aos quatro anos de idade.

      Esta seria a informação correta. Mas, os estudos pós aprovação da vacina, nos EUA, mostraram que quando a primeira dose da vacina contra a Varicela é dada na mesma vacina que Sarampo, Rubéola e Caxumba (a vacina tetra viral), os efeitos colaterais de febre e convulsão dobram. Saem de valores muito baixos como 4 por 10 mil vacinas dada para 8 por 10 mil vacinas dadas. Daí a recomendação do CDC de Atlanta para que se faça a primeira dose separada. Isto é, no mesmo dia, dar duas vacinas. Uma, contra a Varicela e outra a clássica tríplice viral. Já na dose de reforço, não há essa diferença de efeito colateral, que fica igual ao da tríplice viral.
      A decisão do governo brasileiro foi a de ofertar a vacina contra a Varicela sob a forma de tetra viral. Essa decisão, do ponto de vista de saúde pública, está correta porque o risco de efeitos colaterais é baixo e é economicamente muito mais interessante a produção de um só tipo de vacina (ao invés de fazer contra a Varicela isolada, manter a tríplice viral e fazer a tetra viral- para a dose de reforço). Essa segunda dose, precoce, de tetra viral, está relacionado, de alguma forma com essa questão do efeito colateral. Não consegui obter a informação completa, mas, ao obtê-la lhe envio.
      De prático para você: se vai vacinar em clínica privada, faça duas vacinas, aplicadas em local diferente, no mesmo dia: Varicela e tríplice viral. Se vai vacinar no posto de saúde, faça a tetra viral e o reforço aos 4 anos. Pode fazer qualquer uma dessas alternativas, independentemente da vacina contra a gripe que fez hoje.

    • Sandra,
      Encontrei a explicação! Veja o que diz a nota técnica:

      O novo esquema de vacinação do PNI prevê uma dose da vacina SCR aos 12 meses de idade, uma dose da vacina quadrupla viral (SCRV) aos 15 meses de idade. Ainda não há definição quanto à segunda dose da varicela na rede pública.

      Traduzindo- como a vacina tetra viral, aplicada como primeira dose, tem efeitos colaterais mais frequentes, será dada uma primeira dose de vacina tríplice com um ano e uma segunda dose de vacina tetra aos 15 meses. Isto é, quando for dada a tetra, esta já será uma segunda dose e os efeitos colaterais serão idênticos aos da tríplice viral.
      Passo a duvidar do que eu lhe escrevi como resposta, há pouco. Faz sentido “desperdiçar” três antígenos (Sarampo, Rubéola e Caxumba) para poder dar Varicela? Não teria sido melhor oferecer a vacina contra Varicela isolada? Certamente devem ter feito essas contas todas, mas que parece não fazer sentido, parece!

  3. Dr. Roberto,
    Agora fiquei mais confusa.
    Pelo que sei, no posto de saúde estão oferecendo apenas a segunda dose da tríplice viral, e ainda não a tetra viral (só a partir de agosto). E a da varicela ainda tenho que fazer na clínica.
    Então, devo fazer esse reforço (2a dose) da tríplice viral no posto e a da varicela na clínica, no mesmo dia?

    • Sandra,
      Desculpe a confusão! Agora, sem explicações técnicas:
      tríplice viral- uma dose aos 12 meses (ou um pouco mais) e a segunda só com 4 anos. Nada de dar duas tríplices virais com 3 meses de intervalo. Isso não faz o menor sentido.
      Varicela- deve ser dada no mesmo dia em que a tríplice viral for aplicada ou, com 4 semanas de intervalo.
      Se entendi bem, seu filho já fez a primeira dose de tríplice viral. Você tem duas possibilidades:
      1- em clínicas privadas- fazer apenas a Varicela, desde que já tenham passado 4 semanas da data de tríplice viral
      2- em posto de saúde se o que estiver sendo dado for tetraviral, também respeitando as 4 semanas de intervalo. Se, de fato, no posto só estiverem dando a tríplice viral, não é para você dar a segunda dose agora. Só aos quatro anos. Neste caso, ou espera até oferecerem a Varicela ou faz em clínica privada. Se você tem disponibilidade para fazer em clínica privada, recomendo que faça, por dois motivos: a época de Catapora começa em julho/agosto. Vacinando agora, dá tempo do organismo produzir anticorpos. O segundo motivo é que não vejo porque dar um estímulo desnecessário com os componentes da vacina tríplice.
      Finalmente, independentemente do que for oferecido nos postos, a recomendação é que seu filho tome um reforço da Varicela, aos 4 anos. Neste momento, pode (e deve) tomar a tetraviral (uma só picada).
      Será que agora ficou mais claro? Se não ficou, me diga quais são suas dúvidas para que eu possa endereçá-las.

  4. Bom dia, Dr. Roberto!
    Sim, ficou claro.
    Mas tenho mais uma dúvida: Na segunda-feira, dia 13/05/13, juntamente com a 2a dose da gripe, ele fez o reforço da meningocócica e a oral da polio. E a vacinadora do posto preferiu deixar a tríplice viral (que já sei que não devo fazer) e o reforço da DTP para a próxima semana, pra ele não sofrer tantas agulhadas no mesmo dia.
    Então, posso fazer a DTP e a varicela no mesmo dia? E quanto ao intervalo com relação à MCC e polio, de uma semana, tem algum problema?
    Obrigada,
    Sandra.

    • Prezada Sandra,
      Se você fez a polio oral, esta é uma vacina de virus vivo. A recomendação é que aguarde 4 semanas para fazer outra vacina de virus vivo, que o caso da Varicela. Não teria o menor problema para a DPT. Você pode fazer a DPT logo e, a partir de 13/6, fazer a varicela ou esperar para fazer ambas no mesmo dia.

  5. Boa noite Doutor Roberto.
    tenho duvidas a respeito das vacinas tetra viral e a vacina DTP, a minha filha esta com 4 anos de idade, ela tomou tríplice com 1 ano e precisa e agora a mulher do posto falou que ela precisa tomar a tetra com 4 anos, ela tomou a DTP com 1 ano e 3 meses, e precisa tomar a segunda dose com 4 anos. Só que estou preocupada com uma coisa com 1 ano e 3 meses ela deu alergia ao leite de vaca, e ela estava com muito vomito e diarreia, e quando ela melhorou um pouco eu dei a vacina pra ela mais ela continuou com vomito e diarreia, pois não tinham trocado ainda pra leite de soja, quando trocou passou a vomito, depois disso em setembro e rejeitou soja pois ela fazia ancia de vomito quando via alimentos levei na pediatra e ela repetiu os exames e dessa vez deu alergia a soja, trigo ,amendoim, ai o alergista passou o leite chamado althéra que ela toma desde 2 anos e 3 meses faz uns três meses que os sintomas desapareceram, então tenho medo, porque ela tem imunidade baixa se uma pessoa estiver com virose ela pega se a pessoa estiver com gripe ela pega se estiver com dor de garganta ela pega, tenho medo de dar a vacina com vírus vivos e ela contrair a doença, pela vacina e tenho medo que esses vômitos e diarreia podem ter piorado aquela vez por motivo da vacina, eu posso da a vacina sem medo dela pegar a doença, por ela ter a imunidade baixa.
    obrigado espero resposta……….

    • Prezada Hellen,
      Como o blog não substitui uma consulta, sugiro que converse com o seu pediatra, especificamente a respeito da sua filha tomar vacinas. Em tese, sem falar da sua filha, uma alergia alimentar não é contra indicação para nenhuma das vacinas oferecidas, inclusive as produzidas com virus vivo como é a tetra viral. Mas, converse com seu pediatra para que ele possa lhe orientar.

    • Hellen,
      Em princípio não há risco de contrair a doença. Somente crianças com imunodeficiência (doença grave e rara) ou em uso de imunossupressores não devem tomar a vacina de virus vivo. A vacina DTP é bacteriana, inativada. Não existe a tetra viral com virus inativo.

  6. e essas vacinas podem provocar vômitos e diarreia?
    e as vacinas não contem a mesma composição do remédio de vomito plazil, ela teve alergia dele.
    e sobre a vacina da gripe ela é inativa?
    as vacina da pólio dada nos posto são atenuadas, ela tomou mês de junho e não teve reação nenhuma, doutor sobre a explicação de das vacina ela não usa medicamentos nenhum e Graças a Deus não tem doença rara, eu posso dar uma vacina e depois de 1 mês dar a outra?
    Agradeço as informações, pois estava desesperada com medo de dar as vacinas e em vez de evitar causar a doença, eu vi na net que as pessoas que tem imunidade muito baixa como ela pode contrair a doença eu estava pensando e nem dar.
    OBRIGADA DOUTOR ROBERTO. VOCE É PEDIATRA EM QUE CIDADE.

    • Prezada Hellen,
      Não tema dar vacinas. O benefício delas supera, em muito, os eventuais efeitos colaterais. Graças às vacinas se conseguiu reduzir em muito a mortalidade infantil e algumas doenças desapareceram como a Varíola, Pólio e Sarampo. Hoje, os casos de meningite diminuíram muito por causa das vacinas. Vacine seu bebê, sem medo. Pelo contrário, vacine sabendo que está fazendo o melhor para ele.
      Siga o calendário vacinal do seu pediatra ou do posto de saúde. Eles (o pediatra ou o posto) saberão lhe orientar quanto aos intervalos recomendados entre as vacinas.
      A vacina contra a gripe é produzida a partir de virus inativado.
      Em geral, quando produzem algum efeito colateral, este é de dor local, irritabilidade e, eventualmente, febre. Diarreia e vômitos não são efeitos colaterais esperados com a vacinação.

  7. tenho uma duvida minha filha nao tomou a segunda dose da vacina h1n1 ano passado as duas vezes que levei ela ela estava gripada e nao deram tem algum problema para ela tomar esse ano ou nao segue apenas com uma dose normal?

  8. Olá Doutor! Minha filha que tem 1 ano tomou a vacina da febre amarela hoje 07/05/2015 e não sei se posso dar a vacina da gripe na campanha que acontecerá no sábado 09/05/2015. A enfermeira do posto disse que tenho que esperar no mínimo 15 dias e a campanha terá acabado.
    Obrigada.

    • Prezada Priscilla,
      A vacina contra a Febre Amarela é feita a partir de virus vivos, atenuados. Este tipo de vacina não sofre nenhuma alteração, nem interfere, com vacinas produzidas com virus inativados, como é o caso da vacina contra a gripe. Assim, a vacina contra a Gripe pode ser dada em qualquer intervalo de tempo antes ou após a vacina contra a Febre Amarela. O que exige um intervalo de 30 dias (e não 15 como a enfermeira lhe teria dito), seria outra vacina de virus vivos atenuados como a SCR (Sarampo, Caxumba e Rubéola) ou Varicela (Catapora). Quando duas vacinas de virus vivos atenuados precisam ser dadas, ou se as administra no mesmo dia, ou com 30 dias de intervalo entre uma e outra.
      Resumo: você pode e deve vacinar sua filha no sábado, contra a Gripe.

      • Muito obrigada. Vou vaciná-la. Qual a sua opinião sobre a vacina trivalente da gripe oferecida no posto e a quadrivalente nas clínicas particulares. Quem tomar a vacina quadrivalente da gripe estará mais protegido de pegar gripe do que a vacina trivalente? Qual o doutor recomenda tomar? Porque meu plano reembolsa este tipo de vacina.

      • Prezada Priscilla,
        O Ministério da Saúde segue a orientação da Organização Mundial da Saúde e oferece a vacina trivalente que protege contra dois tipos de Vírus A e um B. Existe uma vacina tetravalente, em clínicas privadas, que oferece proteção contra os mesmos vírus da trivalente + um segundo tipo de Vírus B. É uma proteção adicional mas que a OMS não considera justificável numa análise de custoxbenefício. Se o seu plano reembolsa esse tipo de vacina, você estará oferecendo uma proteção adicional para a sua filha. Mas, certifique-se que a clínica está oferecendo a vacina tetrvalente que está aprovada para menores de 3 anos. Existem dois fabricantes- Sanofi e GSK. Ambas as vacinas são de ótima qualidade. Mas, a Sanofi tem uma apresentação aprovada para crianças menores de 3 anos, enquanto a GSK é só a partir dos 3 anos.

  9. Olá Dr. Roberto! Tenho uma dúvida em relação a vacina da gripe. Minha filha hoje está com 1 ano e 9 meses, no ano passado ela foi vacinada pela primeira vez e fez somente uma dose da vacina, pois após ela ficou muito doente e acabou não fazendo a segunda dose. A minha dúvida é se agora ela terá que fazer uma ou duas doses da vacina já que na primeira vez foi incompleta?

  10. Olá Dr. meu filho tem 2 anos e 5 meses e no ano passado fez as duas doses da vacina da gripe, esse ano ele já tomou uma dose e esperei os 30 dias e levei ele para fazer a segunda dose e o posto me disse que ele não precisaria tomar a segunda dose porque ano passado ele já havia tomado as duas doses e que esse ano seria só um reforço, isso esta correto?

  11. Oi dr meu filho de um ano tomou a vacina de influenza… E depois de dois dias Teve tosse e nariz escorrendo… E agora depois comecou a febre con 38 graus… E ja esta assim con febre nariz escorrendo tosse faz 5 dias… E agora o coco delle ta bem mole… Sera que tem haver con a vacina… Ou eh apenas um resfriado?

    • Prezada Bruna,
      O que descreve não tem relação com a vacina. Esta vacina é feita com vírus mortos, incapazes de produzir doença. Como, nesta época do ano, há uma maior incidência de resfriados, não raro, uma criança que tomou a vacina fica resfriada nos dias seguintes. Foi coincidência.

  12. Boa noite Dr. Roberto, gostaria de saber se Meu Bebe pode tomar a segunda dose da vacina da gripe no mesmo dia que a da febre amarela? Fico no aguardo, obrigada!

    • Prezada Luciana,
      Não há incompatibilidade entre as vacinas de Gripe e Febre Amarela. Um bebê só deve tomar a vacina de Febre Amarela a partir dos 9 meses, se tiver uma indicação específica. Esta vacina não é parte do calendário vacinal obrigatório ou de rotina.

  13. Dr. Roberto
    Boa tarde!!!

    Estou com uma dúvida muito grande a respeito da vacina tríplice viral. Meu filho tomou a primeira dose desta vacina com 12 meses. Acontece que, aos cinco anos retornei com ele ao posto de saúde a fim de que tomasse a segunda dose desta, pois conforme o calendário infantil de vacinação a recomendação para a segunda dose é dos quatro aos seis anos de idade, só que lá fui informada que o esquema de vacinação havia mudado, sendo agora a segunda dose aplicada somente aos 15 meses, não tendo meu filho recebido esta dose. Minha dúvida é: Como fica a situação não dele e a de outras várias crianças que também não tomaram?? vão ficar sem tomar a segunda dose da tríplice vira (SRC) ?? Por favor doutor estou muito preocupada, pois conforme o noticiário está ocorrendo muitos casos de caxumba e sinceramente não sei o que fazer.

    • Prezada Lucimar,
      Seu filho tem direito a essa vacina. Deve exigir isso do posto. Se a enfermeira não quiser dar, peça para escrever o motivo e/ou procure o diretor da unidade. Não há explicação técnica para justificar a não administração da vacina. Exija o direito de vacinar seu filho.

  14. Olá Dr. Roberto.
    Estou com dúvidas, minha filha tomou a vacina de varicela com um ano de vida no particular e a enfermeira falou que o reforço seria com 4 anos. Mas em uma outra clinica particular diz que o reforço da varicela é depois de 3 meses. Qual a data certa para tomar o reforço ou segunda dose? Outra duvida: A vacina de hepatite A, tem que tomar a segunda dose depois de 6 meses? Porque dei na rede publica e me parece que ela não oferece a segunda.

    • Prezada Priscilla,
      O calendário brasileiro de vacinação mudou. Com a inclusão da vacina contra a Varicela, junto com a tríplice viral, a segunda dose foi antecipada para 15 meses de idade (3 meses após a primeira dose). O reforça da vacina contra a Varicela pode ser dado em qualquer momento após 30 dias da primeira dose. Os pediatras estão seguindo a orientação do Ministério da Saúde, dando a segunda dose três meses depois da primeira. Neste caso, qualquer data, após 30 dias da primeira dose, estará correta. É recomendável tomar a segunda dose contra Hepatite A, seis meses após a primeira.

  15. Ainda tenho mais uma dúvida: Minha filha tomou a triplice viral com 1 ano e 2 meses, quando que tenho que dar a segunda dose? A enfermeira do SUS marcou na caderneta depois de 1 mês.

    • Priscilla,
      Sua pergunta foi respondida na anterior. Só vou complementar. A segunda dose da tríplice viral é uma tetra viral, com a Varicela junto. Portanto, a partir de 30 dias da primeira dose, já pode tomar. Sugiro um intervalo de 3 meses, ou mais. A enfermeira marcou depois de um mês porque se fixou nos 15 meses de idade para a segunda dose. Mas, pode, tranquilamente, dar com 1 ano e 5 meses a tetra viral.

  16. Ola Dr. Roberto. Milha filha tem 1 ano e 2 meses. Esta atrasado 2 meses a 2 dose da vacina da gripe, e ela esta resfriada agora, fazendo 10 dias hoje, porem melhorando, acabou a coriza, com pouquinho de tosse ainda…..enfim, posso dar a 2 dose agora ou devo esperar ela melhorar da tosse tambem ou seja ate nao ter mais sinais do resfriadinho. Obrigada

    • Prezada Sandra,
      Do ponto de vista técnico, não há impedimento em vacinar uma criança, mesmo com um resfriado ou doença leve. No entanto, em alguns postos de vacinação, sem motivo que justifique, preferem não vacinar. Se os sintomas são discretos, nem perceberão e vão dar a vacina. Lembre-se que a vacina contra a gripe não protege contra o resfriado comum. Ela é importante e deve ser dada porque protege contra 3 vírus que produzem doença grave. Mas, os resfriados comuns continuarão a acontecer, sem que isso represente falha da vacina.

  17. Olá meu filho tomou a segunda dose da tríplice com 15 meses pois estava em falta a tetra depois de 10 dias as enfermeiras me chamar pra aplicar a da varicela e eu levei e agora com 10 dias ele está com muita febre … O q pode acontecer por ser aplicada antes e será q a febre é por isso … Desde já agradeço

    • Prezada Patrícia,
      Como o blog não substitui uma consulta, seria irresponsabilidade minha comentar sobre a febre do seu filho. Sugiro que procure um pediatra para lhe orientar. Quanto às vacinas, o intervalo mínimo entre duas vacinas com vírus vivo atenuado, como é o caso da tríplice viral (Sarampo, Caxumba e Rubéola) e da Varicela, se não forem aplicadas no mesmo dia, é de 4 semanas. A aplicação antecipada não produz mais ou menos efeitos colaterais, mas, interfere com a eficácia das vacinas.

    • Prezada Daiane,
      O Conselho Federal de Medicina proíbe consultas pela internet. Por esse motivo o blog não substitui uma consulta. Sugiro que consulte um pediatra para lhe orientar. De um modo geral o uso de corticóide em dose terapêutica de pequena duração não se constitui em um problema com as vacinas.

  18. Olá Dr Cooper,

    Minha dúvida é: uma criança de 1 ano que foi vacinada com a tríplice viral precisa esperar alguns dias para receber a primeira dose da vacina da H1N1?
    Obrigada!

  19. Boa noite,
    gostaria de saber a consequência acaso uma criança menor de 3 anos tome a vacina quadrivalente particular que é recomendada apenas para maiores de 3 anos.

    • Prezada Glaucia,
      Esta recomendação de aplicação a partir de uma certa idade é baseada nos estudos de efeitos colaterais da vacina. Quando estes se apresentam em uma porcentagem que seja considerada não aceitável (por colocar em risco as crianças), a vacina não é aprovada para aquela faixa etária. Imagine que o fabricante tem todo interesse em aumentar a faixa de idade da aplicação da vacina. Se não obtém esta aprovação é porque existem motivos fortes, de segurança para o paciente, envolvidos. Por esse motivo, não é recomendável desrespeitar essa recomendação.

  20. Bom dia!!! Dr Roberto tenho uma duvida meu Filho tem 04 anos e 11 meses e tomou hj a vacina da Febre Amarela vou ter que esperar 4 semanas para vacinar H1N1 ?

    • Prezada Camila,
      Não é necessário esperar 4 semanas. Esse intervalo só é necessário quando ambas vacinas são de vírus vivo atenuado, o que não é o caso. A vacina contra a gripe (H1N1) é feita a partir de vírus inativado.

  21. Boa tarde, dr. Roberto.
    No dia 23/04, minha filha de 5 anos tomou as vacinas tríplice viral, tríplice bacteriana e da paralisia. Quanto tempo preciso aguardar para poder vaciná-la com a vacina da gripe?

  22. Sou gestante com 33 semanas de gestacao, devo tomar a vacina da gripe, tetano e a ingecao para amadurecer o pulmaozinho do bebe. Qual o intervalo de dias entre uma e outra devo fazer?

  23. Bom dia, gostaria de saber se a vacina da gripe tetra, é segura, por que ja escutei e lei tantas coisa que fiquei coma duvida, preciso mesmo dar o reforço? minha bebe tem 9 meses. obrigada pela atenção!

    • Prezada Michelle,
      A vacina quadrivalente para gripe é segura. No entanto, existem diferenças das idades permitidas, dependendo do fabricante. As da GSK são para crianças acima de 3 anos de idade. As da Sanofi Pasteur, podem ser dadas para crianças a partir de 6 meses de idade. Nas clínicas privadas, em geral a vacina disponível é da GSK.

  24. Boa noite, Dr. Roberto.
    Meu filho está com 1 ano e 2 meses tomou a vacina da gripe tetravalente hoje na rede particular? Não reparei o fabricante, só sei que ele tomou uma de 0,25ml e eu tomei uma de 0,5ml. Isso está correto? Preciso dar também a vacina de febre amarela, posso dar com intervalo de uma semana?

    • Prezada Priscila,
      A vacina quadrivalente do laboratório Sanofi Pasteur está aprovada para crianças abaixo de 3 anos. A do laboratório GSK, para as com 3 ou mais anos. Não posso opinar sobre o que foi feito com seu filho.
      A vacina de febre amarela pode ser dada uma semana após a da gripe, lembrando que é necessário ao menos 10 dias entre a vacinação e a chegada a seu destino para que seja considerada válida.

  25. Olá Dr.

    Minha pergunta é bem específica.

    Munha filha tem quase 5 anos.

    Sempre tomou a vacina h1n1.. fez as duas primeiras doses como tinha que ser etc.

    Só que ano passado, ficamos 3 meses fora do país, perdi a campanha e por descuido mesmo, não dei no particular.

    A pergunta, este ano, apenas uma dose é o necessário? Pq ela ficou na realidade com um intervalo de 24 meses entre um reforço e outro.

    Obrigada

  26. Ola boa tarde a minha filha tem 2 anos e 7 meses e foi vacinada com 0,25 ml esta correto ou ela teria q tomar 0,50 ml… Ela já tinha tomado ano passado…
    Desde já agradeço…

  27. Dr. Roberto, dei a vacina H1N1 no meu filho de 1 ano e 1 mês e ele apresentou febre e vômito. Estou com medo da segunda dose. Geralmente quem teve reação na primeira, terá na segunda e é mais complicado?
    Obrigada

  28. Boa noite Dr. Roberto, minha filha completou 4 anos e tomou a vacina DTP no dia 22 de abril, teve somente reação no local com inchaço e o local ficou quente por 3 dias. Minha dúvida é se ela pode participar da Campanha Nacional contra H1N1 amanhã, ou quanto tempo esperar. Perguntei no posto e a enfermeira uma disse que aguardasse pelo menos uma semana e outra já disse uma mês. Fiquei confusa. Desde já agradeço.

  29. olá boa tarde fui vacinar minha filha de 1 ano e 7 meses hoje .a moça que estava aplicando vacinas não quis vacinar minha filha por q tinha duas vacinas em atraso , ela disse q eu tinha q atualizar as vacinas primeiro e não vacinou minha filha contra o h1n1 .tem alguma coisa a ver ?

    • Prezada Débora,
      Não faz o menor sentido o que lhe foi dito. Sua filha pode ser vacinada contra a Gripe, com vacinas em atraso. Pode inclusive, atualizar as vacinas, no mesmo dia em que for vacinada contra a Gripe. Não há justificativa para não terem vacinado sua filha.

  30. Olá Dr Roberto Gostaria da sua opinião. O pediatra do meu filho não gosta da campanha de vacinação da gripe. Me assustou dizendo q pode ter efeitos colaterais sérios como narcolepsia. Sempre vacinei no posto e nunca teve qq reação. Este ano decidi perguntar se deveria dar a vacina partículas em função do surto de h1n1em SP. Gostaria de saber se tem fundamento o q ele fala é o q falam na internet. … Sei q tem mto boato, mas o pediatra falar isso me deixou com medo de vacinar meu filho. Ele tem 4 anos. É mesmo perigoso, devo me preocupar? Me ajude por favor pq tô agoniada com isso. Obrigada

    • Prezada Esmeralda,
      A vacina contra a gripe é segura. Como ela é produzida seguindo a orientação da Organização Mundial da Saúde que “antecipa” ou estima quais serão os vírus Influenza que circularão, sua eficácia vai depender do grau de acerto desta “aposta epidemiológica”. Mas, isto não tem a ver com a segurança da vacina, utilizada no mundo todo. A recomendação nacional e internacional é de vacinar a população. Com relação à narcolepsia, copio o que está no manual do Ministério da Saúde:
      “Em 2010 foram relatados alguns casos de narcolepsia, principalmente nos países nórdicos,
      relacionados temporalmente com a administração de uma vacina influenza monovalente A (H1N1)
      2009 contendo adjuvante. Até o presente momento, estes casos permanecem em estudo e ainda
      não há uma conclusão efetiva a respeito da relação causal desta situação. Esses eventos não foram
      descritos após uso das vacinas produzidas pelo Butantan e pela Sanofi Pasteur.”

  31. Prezado Dr. Roberto,
    Hoje levei meu filho para tomar a vacina da gripe, e a moça do posto indicou que ele tomasse também a triplice viral+varicela, já que ele está com 15 meses. No entanto ele não tinha tomado a triplice viral com 12 meses, pois estava doente, tomou com quase 13. Acabei dando a vacina, mas agora pesquisando fiquei preocupada: não foi dado o intervalo de 3 meses entre as vacinas (faltaram 9 dias para completar esse período). Isso diminuiria a eficácia da triplice? Devo dar uma tetraviral em vez de só o reforço da varicela na clínica particular daqui a 3 meses? Muito obrigada pela atenção.

  32. boa noite dr
    gostaria de saber se uma criança de 1 ano e 3 meses que recebe a vacina da gripe em duas doses antes de receber a segunda dose corre risco de contrair o h1n1

    • Prezada Lisiane,
      A vacina contra H1N1, como todas as outras, não confere 100% de imunidade. Portanto, antes ou depois da segunda dose, existe o risco, ao menos teórico de uma criança vacinada, contrair o vírus.

  33. Boa noite Dr. Minha pergunta é a seguinte, minha filha de 1 ano e 8 meses, tomou a vacina da gripe h1n1, seis dias depois começou a vomitar, nada para no estômago dela, porém sem febre e diarreia. Já fez exames de sangue e urina e não deu nada, já passou duas noites em dias aleatórios no upa tomando soro e remédios para vômitos fora os que estou dando em casa. Essa história já dura 8 dias. Isso pode ser efeito colateral à vacina ? Pois só desconfio dela pq ela não come nada estranho ou diferente do q o habitual. Amanhã ela terá consulta com pediatra. Não durmo a 8 dias praticamente, o que o Sr. Me diz a vacina pode ou não ter relação com o vômito incessante dela. Desde já agradeço pela atenção.

  34. Ola quando levei meu filho para tomar a vacina de 1 ano e 3 meses faltou a varicela e a enfermeira disse q nao tinha,mais q eu nao precisava se preocupar que ele poderia tomar ate 2 anos.Se passaram 3 meses e vou la amanha pra saber se chegou e queria saber se tem problema dar depois desse tempo todo?

  35. Dr. Meu filho de 2 anos e 3 meses tomou a primeira vacina da gripe esse ano, e hoje fez a segunda dose pela manhã, porém agora a noite vem apresentando vômitos constantes, levei no ps, deram injeção de dramin, e ainda assim continua vomitando.. pode ser reação da vacina? Na primeira dose não teve nenhuma reação..

    • Prezada Rebecca,
      Como o blog não substitui uma consulta, seria irresponsabilidade minha opinar sobre o seu filho. Sugiro que converse com o pediatra para que ele lhe oriente. Em princípio, vômitos não são um efeito colateral da vacina contra a gripe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s