LÁ VEM O ANO NOVO!

2016-new-year-ss-1920Estava pensando sobre a virada do ano e, como todos, fazendo balanços, sonhando com realizações- enfim, o óbvio e clássico desta época. Nos tornamos, nesses últimos dias de dezembro como deus romano Janus, que tinha duas faces:  uma olha para o passado e a outra para o futuro. No meio dos pensamentos, uma pergunta: o que eu poderia escrever no blog? O que um pediatra poderia escrever a respeito de um ano novo chegando?

A resposta me foi dada pela Bela, uma linda menina de 3 anos. Ela veio ao consultório porque estava com  um machucado no dedo. Ao chegar, me disse: “te vi na televisão”! Eu desconversei e disse: “seu vestido é lindo”. É de flores, respondeu a Bela. Logo no início da consulta ela me avisou: “não gosto de injeção”. A consulta inteira transcorreu com a Bela interagindo, me contando coisas, pedindo abaixadores de língua coloridos, depois me dando alguns, para, retoma-los a seguir. Quando perguntei se poderia examina-la, subiu sozinha na maca e aguardou o momento que mais gosta- ser medida. Me contou da viagem que iria fazer, do Hulk vermelho que ela ganhou, de como ela mora em andar alto que mais parece uma torre. Eu disse que era a torre da princesa e ela com olhar pensativo só disse: é!

O leitor, a esta altura, já deve estar se perguntando, mas o que foi que a Bela disse que me fez saber o que escrever a respeito do ano novo. Ela não disse nada! Ela me mostrou tudo! Ela me mostrou que, para as crianças, o ano novo acontece todos os dias. Os sonhos por se realizar povoam suas cabeças e tudo é possível para elas. Me mostrou que sem pudores culturais ou sociais, a espontaneidade brota de uma forma genuína e deliciosa. Ao brincar com a régua de medir crianças ou subir fascinada na balança, confirmou que tudo pode ser o que é e outra coisa, lúdica, ao mesmo tempo. Não há necessidade de classificações rígidas, imutáveis, engessando o mundo. Ao falar de si, da cor dos seus olhos, do vestido, do Hulk, me dizia o tempo todo: eu gosto de mim e me sinto muito bem e segura! Enquanto eu explicava a prescrição para os pais, Bela continuava conversando, falando de cores, desenhos, objetos que tinha em casa e um tema engrenava no outro com uma fluidez admirável.  Finalmente, ao ir embora, me ofereceu um beijo e um abraço muito forte. Nenhuma vergonha ou inibição em demonstrar o seu afeto.

Então o que a Bela me mostrou é que, se formos atentos e observarmos carinhosamente nossos filhos, não só lhes ensinaremos coisas fundamentais para a vida, mas, poderemos aprender com eles, a resgatar aspectos da vida que a maturidade e os compromissos sociais nos fazem esquecer ou ocultar sob um manto de vergonha.

Desejo a todos os pais que possam, através dos filhos, celebrar a vida todos os dias e não só em datas convencionadas. Que possamos ser espontâneos, sonhadores, brincalhões, alegres, criativos, seguros de nós mesmos, desengessando (existe isto?) o cotidiano de códigos e classificações rígidas. Finalmente e, principalmente, que possamos, como a Bela fez, beijar e abraçar as pessoas que gostamos, sem pudor, sem receio, sem esperar os dias “certos”.

Lá vem 2016! Que seja alegre e divertido, todos os dias! Meu abraço e beijo, para todos os leitores deste blog.

 

10 pensamentos sobre “LÁ VEM O ANO NOVO!

  1. Olá Roberto, como sempre foi muito claro e pertinente na entrevista, tudo muito perfeito, however o barato mesmo foi o lá vem o ano novo!! muito legal!

  2. Querido Dr.Cooper. Nem nos melhores sonhos conseguiria imaginar um presente tão emocionante de final de ano como esse. Olhinhos cheios de lágrimas. Obrigado por existir em nossas vidas. Grande beijo e que 2016 seja tão especial quanto vc.

    • Deninho,
      Especial é a Bela que, com sua inteligência e espontaneidade me deu o mote para o post do blog. Eu estava procurando algo na minha imaginação, na literatura, na mitologia, para escrever um post simpático. De repente, debaixo do meu nariz, Bela me mostra o caminho. Parabéns à Lu e você porque a Bela é como é, em parte por conta da loteria genética, mas, em grande parte pelo que vocês lhe mostram do mundo e da vida. Que 2016 seja tão especial quanto a Bela!

  3. Que lindo! Feliz Ano Novo para todos nós! Que não percamos nunca a capacidade de sonhar e pensar positivo, por mais que pareça impossível. Já passei por situações que nenhum ser humano deveria passar, mas, ainda assim, estou feliz por esse ano que está vindo, espero que seja de paz, amor, fortuna e felicidade para todos nós!
    Um abraço,
    Rosita

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s