ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO

Existem muitos benefícios em se ter um animal de estimação em casa. Dentre esses benefícios, a oportunidade de atividades ao ar livre como passear com um cachorro é um exemplo. Esses passeios podem ser, também, um excelente momento para pais e filhos conversarem e se divertirem juntos. Animais domésticos podem contribuir para o sentido de responsabilidade e cuidados das crianças, bem como o desenvolvimento de emoções e afeto.

No entanto, é bom saber que alguns animais de estimação podem ser portadores de bactérias ou virus que podem produzir doença em humanos. A seguir, algumas dicas para ajudá-los a escolher um animal de estimação:

  • Casas com crianças menores de 5 anos não deveriam ter répteis como tartarugas ou cobras, nem anfíbios, como sapos. Isso porque esses bichinhos podem ser portadores sãos (sem doença) de uma bactéria chamada Salmonella que pode produzir uma doença (Salmonelose) em humanos.
  • Grávidas devem evitar o contado com roedores como coelhos, hamsters, ratinhos brancos etc. Esses animais podem transmitir o virus da coriomeningite linfocítica. Este virus pode ocasionar má formações no bebê.
  • Grávidas também devem evitar o contato com gatos, principalmente os filhotes. Estes bichinhos, podem transmitir a toxoplasmose e esta pode produzir sérias consequências para o bebê. Em especial, as grávidas devem evitar manusear e limpar a caixa de areia onde os gatos fazem suas necessidades.

Antes de escolher um animal de estimação, pesquisem um pouco sobre as características e necessidades de cada bicho:

  • Quanto exercício o bichinho vai precisar?
  • De que tamanho vai ficar depois que crescer?
  • É um bicho dócil ou agressivo? Em especial, como se comporta com crianças?
  • Este bicho tem alguma predisposição a alguma doença? Qual?
  • O que o animal vai comer?
  • Quanto vai custar o cuidado com veterinário, rações, vacinas etc.?
  • Quanto tempo, todos os dias, será necessário para cuidar do bicho e limpar adequadamente o ambiente?
  • Animais são permitidos no prédio ou condomínio?
  • Quanto tempo o bichinho vai viver?

Finalmente, lembre-se de vacinar seu animal. Procure um veterinário de confiança e veja que vacinas são recomendadas, além da anti-rábica que deve ser sempre mantida em dia.

Ensine seu filho a lavar as mãos após limpar a “sujeira” do bicho. Animais são portadores e transmissores de verminoses!

Divirtam-se juntos, pais e filhos, no cuidar e brincar com o bichinho escolhido.

Não sou veterinário, portanto, peço que não me enviem perguntas sobre a saúde e alimentação de seus bichinhos. Se tiverem dúvidas sobre a saúde da família que convive com animais, enviem-nas que terei o maior prazer em respondê-las.

2 pensamentos sobre “ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO

  1. Dr. Roberto,
    Suspendemos o presente do Joao, um cachorro, dado o diagnostico de bronquite.
    Exageramos ?
    Aqui ouvimos falar em raiva, a vacina nos animais eh 100% eficaz ?
    E se houver algum incidente com um animal que nao o nosso, a vacina que tomamos pos mordida eh eficaz ?
    A Raiva mata em quanto tempo ? Quanto tempo após a mordida podemos tomar a vacina ?
    Crianças possuem uma evolução mais lenta ou diferente do adulto ?
    Eh preciso tomar vacina de raiva antes de ser mordido/picado, digo, por precaução ou nao ?
    Quando se a raiva manifesta com diagnostico, já eh tarde demais ou ainda eh possível tratamento ?

    Paula

    • Paula,
      Acho que foram prudentes em suspender o presente. Suspender não significa cancelá-lo. Aguardem o que o alergista dirá e é possível que ainda possam presentear o João com um cachorro.
      A vacina contra raiva dada aos animais é praticamente 100% eficaz. Só não digo 100% por hábito de ser cauteloso. É uma vacina extraordinariamente eficaz. Se houver algum incidente com animal raivoso (raro em grandes centros urbanos), a vacina é eficaz e sempre dará tempo de tomá-la, se for o caso. Não é uma vacina que tenha que ser tomada em minutos ou horas depois de uma mordida. Não se toma a vacina contra a raiva como precaução. Dificilmente uma pessoa esclarecida em grande centro urbano chegaria a ter raiva. Se for mordida por um cão desconhecido ou que apresente sinais de raiva, será atendida e poderá ser orientada a fazer uma série de vacinas, evitando a doença.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s