Arquivo de Tag | HPV

VACINA CONTRA O HPV

microfoneOntem, no programa do Roberto Canazio, na Rádio Globo, falamos sobre a vacina contra o HPV. O Papiloma Virus Humano (HPV) está implicado no câncer de colo de útero. Como é um virus muito difundido pela população que tem vida sexual ativa, a estratégia correta é vacinar as meninas antes que estas iniciem sua vida sexual. A partir de 2014 esta vacinas vai estar disponível, para as meninas, nos postos de saúde. Clique no link abaixo e ouça o que foi dito no programa de ontem.

Rádio Globo – 7

VERRUGAS

Verrugas são lesões benignas da pele que podem ocorrer em praticamente qualquer região do corpo. Podem se apresentar como uma única ou múltiplas verrugas. Seu tamanho também pode ser muito variável, desde alguns milímetros, até centímetros. Apesar de serem lesões benignas, dependendo da sua localização podem produzir inibição ou vergonha nas crianças, pelo seu aspecto estético. Afinal de contas, uma boa bruxa tem sempre uma verruga na ponta do nariz ou no queixo (quando não tem ambas!). Portanto, o primeiro cuidado que os pais devem ter é com esse aspecto, tranquilizando a criança e lhe dando apoio. Devem procurar a escola para reforçar, com professoras e educadoras, que seu filho não sofra discriminação ou qualquer forma de abuso.

Verrugas são produzidas por virus. O virus que produz as verrugas se chama Papilloma Virus Humano (mais conhecido pela sua sigla em inglês- HPV). O HPV somente infecta humanos e sua transmissão pode se dar por contato direto ou com superfícies onde o virus esteja presente. Uma outra forma é a autocontaminação, onde uma criança que tem uma verruga, acaba “espalhando” o virus para outro local. Depois de infectada, a pele leva, em geral, um mês para apresentar os primeiros sinais de uma verruga. O HPV também está implicado no câncer de colo de útero e nas verrugas sexualmente transmitidas. Por esse motivo, se recomenda a vacinação de meninas e meninos, contra o HPV, entre 9 e 13 anos, utilizando a vacina quadrivalente contra o HPV.

Com relação ao tratamento, o mais importante é saber que 75% das verrugas desaparecem espontaneamente, sem deixar cicatriz. Esse desaparecimento pode ser bem lento, levando, em alguns casos, até 3 anos. Existem vários tratamentos para verrugas mas os pais, em conjunto com seu pediatra ou dermatologista devem decidir se vale a pena ou não tratar. Isso porque alguns tratamentos possuem efeitos colaterais  e os prós e contra devem ser pesados, principalmente sabendo-se que 75% das verrugas desaparecerão espontaneamente. Algumas verrugas, como a que ocorre na planta dos pés, chamada de verruga plantar, pode ser extremamente dolorosa e sua remoção ser recomendada por este motivo. Outras, por sua localização, seja comprometendo um órgão, como as verrugas de cordas vocais ou a estética, também devem ser avaliadas como candidatas a uma das diferentes opções de tratamento que existem.

O resumo é: verrugas são benignas e desaparecem. Não se arrisquem a auto-medicar ou aplicar receitas caseiras nos seus filhos. Consultem seu pediatra e/ou um dermatologista antes de fazer qualquer coisa com as verrugas. Se tiverem alguma dúvida ou comentário, me enviem que farei o possível para respondê-los.