Arquivo de Tag | coriza

O RESFRIADO COMUM

Começa a esfriar e vamos ter mais uma época onde o resfriado comum é um problema frequente. Apesar de não ser uma doença grave, é uma situação muito desconfortável para a criança e para a família. Todo mundo adoraria que existisse um remédio “mágico” para o resfriado comum. Infelizmente, não existe nada melhor do que a receita de nossas avós: paciência e caldo de galinha!

Resfriado são produzidos por uma infinidade de virus diferentes (Tudo é Virose!) e, por esse motivo, até hoje não de desenvolveu uma vacina eficaz. A vacina contra a gripe, é excelente e protege contra um tipo de virus, o virus da Influenza, que produz uma doença mais grave do que o resfriado comum. Como usamos as palavras gripe e resfriado como sinônimas, podemos ficar com a impressão de que a vacina contra a gripe deveria proteger contra o resfriado comum. Não protege, mas deve ser dada porque protege contra uma doença que pode ser mais grave, a gripe.

O resfriado comum pode produzir uma série de sintomas na criança:

- coriza (nariz escorrendo)

- irritação

- cansaço

- febre

- tosse

- inapetência

Em geral, dura entre 3 a 8 dias para curar, sendo que alguns sintomas, como a tosse, podem persisitir por mais dias, sem que isso, por si só, represente um problema.

O que fazer quando seu filho ficar resfriado? O mais importante é saber que não existe medicação específica que cure o resfriado e que muitas medicações sintomáticas ou não têm efeito ou podem fazer mal. Nunca medique seu filho antes de consultar seu pediatra.  Algumas medidas são muito importantes:

- oferecer bastante líquido para a criança, mantendo-a hidratada e favorecendo a fluidificação das secreções. Secreções fluidas são eliminadas mais facilmente.

- não forçar a alimentação. Se seu filho ou filha não quiser comer, enquanto estiver resfriado, não se apavore. Mesmo que perca um pouco de peso, depois irá recuperá-lo.

- use soro fisiológico no nariz. Pesquisas recentes mostram que essa simples medida ajuda a dar mais conforto à criança e eliminar mais rapidamente o virus. O ideal é que se “lave” as narinas,  ao invés de pingar gotas! Para isso,  existem embalagens que fazem um spray com o soro fisiológico. Mas, apertar vigorosamente o conta-gotas também funciona. Faça essa lavagem das narinas umas quatro vezes ao dia.

- em caso de febre acima de 38º, com mal estar, use o antitérmico a que a criança está habituada ou consulte seu pediatra.

- comidas quentes parecem oferecer mais conforto e até “acalmar” a tosse. De fato, o velho e bom caldo de galinha tem seu lugar de destaque durante um resfriado. Mas, um purê de maçã ou de batata também podem ser opções interessantes.

- deixe seu filho ou filha em casa. Parece uma recomendação óbvia, mas muitos pais querem manter a rotina normal, mesmo diante de um resfriado. Respeite um pouco o novo ritmo da criança, mais cansada e irritada.

- tenha muita paciência. Resfriados são muito chatos e exigem, dos pais, uma atenção e cuidado redobrado que cansa e pode até irritar.

Adoraria poder lhes enisnar uma solução simples, barata, que não fizesse mal à criança que, rapidamente, curasse o resfriado. Infelizmente essa solução não existe. Nenhum remédio colocado à venda, hoje, é eficaz no tratamento de resfriados. E os medicamentos sintomáticos, possuem efeitos colaterais. Por esse motivo, em alguns países como os EUA, são proibidos, antes dos dois anos de idade.

Se eu não tenho solução, posso tentar ajudá-los, respondendo às suas duvidas. Mandem seus comentários, serão benvindos.