COQUELUCHE

Por que falar sobre uma doença para a qual a maioria das crianças recebe uma vacina? Ainda existe coqueluche? Que pediatra mais desatualizado! Imagine só, escrever um post sobre coqueluche! Talvez essas sejam reações iniciais de alguns leitores do blog. O que nem todo mundo sabe é que a incidência de coqueluche está aumentando em muitos lugares do mundo, inclusive no Brasil. Por esse motivo resolvi comentar alguns aspectos desta doença contagiosa.

A Coqueluche (ou Pertussis) é uma doença infecto-contagiosa, produzida pela bactéria Bordetella Pertussis. Esta, se dissemina pelas gotículas que uma pessoa com coqueluche espalha ao espirrar ou tossir. Por esse motivo, uma pessoa com coqueluche deve permanecer fora do convívio com outras pessoas e, se possível, usar uma máscara para evitar o contágio daquelas pessoas que, obrigatoriamente entrarão em contato com ela. O período de incubação (tempo entre o contato com a doença e o aparecimento de sintomas) é de 7 a 14 dias.

A Coqueluche, na sua fase inicial que é chamada de fase catarral, se parece com qualquer infecção respiratória simples. A criança tem febre, coriza, tosse, uma certa inapetência, em tudo parecendo um resfriado comum. Essa fase dura entre uma e duas semanas. Aos poucos a tosse vai se intensificando, assumindo a caracterísitca que sugere a Coqueluche: uma tosse espasmódica, com acessos de 5 a 10 tossidas, seguidas de um ruído inspiratório forte, às vezes chamado de guincho. Como a tosse vem em salvas repetidas, também é chamada de tosse longa. Não raro, a criança tem ânsia de vômito ou vomita após o acesso de tosse. Nos intervalos dos acessos, a criança parece estar bem. Essa fase, chamada de paroxística, leva entre 2 a 4 semanas para ceder.

A Coqueluche, em geral, é uma doença sem maior gravidade ou complicações. No entanto, em bebês menores de 6 meses, ainda não totalmente protegidos pela vacinação, pode apresentar complicações como pneumonia, encefalopatia (doença no sistema nervoso central- cérebro), convulsões e, em raros casos, morte.

A prevenção da Coqueluche se faz através da vacinação. A vacina contra a Coqueluche é dada em conjunto com as vacinas contra o Tétano e a Difteria. É a vacina DPT (Difteria, Tétano e Pertussis).  A vacinação básica consiste em 3 doses administradas nos 6 primeiros meses de vida (2, 4 e 6 meses). Seguida de um reforço aos 15 meses de vida e outro entre os 4 e 6 anos.  A recomendação da Academia Americana de Pediatria e do CDC de Atlanta é que o reforço da vacina anti-tetânica e anti-diftérica (DT adulto), feita aos 14 anos, seja feita utilizando-se a vacina que contém o componente Coqueluche. Esta vacina, no entanto, só está disponível nas clínicas privadas de vacinação. É a vacina tríplice acelular, adulto (Tdpa). É importante ressaltar que a vacina contra a Coqueluche oferece uma proteção entre 80 e 85% e as crianças que contraem a Coqueluche, mesmo vacinadas, tendem a ter uma forma mais branda da doença. Como a proteção não é duradoura, há necessidade de se fazer reforços a cada 10 anos, junto com os reforços de anti-tetânica que todo adulto deveria tomar. Uma mulher grávida deveria tomar a vacina após a 20º semana da gravidez ou no pós parto imediato. A recomendação é de que todos os adultos que terão contato próximo com o bebê recebam uma dose da vacina tríplice aceluar, adulto. Esta é a forma de reduzir o risco do bebê contrair a doença, numa fase onde ainda não recebeu todas as vacinas. Esta estratégia de vacinar os adultos em torno do bebê (pais, avós e babé) se chama “casulo” porque é como se o bebê ficasse rodeado (como em um casulo) por pessoas protegidas contra a doença e, desta forma, protegendo-o.

Finalmente, se o pediatra suspeitar de Coqueluche, seja pela história de contágio, seja pelo quadro clínico, poderá administrar determinado tipo de antibiótico que, se dado na fase inicial (mais difícil de ser dado porque os sintomas ainda são inespecíficos e não justificariam o uso de antibióticos), pode reduzir a duração da doença. Se dado na fase paroxística, apesar de não reduzir a doença, diminui a sua contagiosidade, protegendo as pessoas em torno do paciente. Remédios para tosse, xaropes caseiros, não funcionam nos casos de Coqueluche e não há nenhuma indicação para seu uso.

Existem outras doenças cuja tosse pode ser parecida com a Coqueluche, fazendo com que o diagnóstico nem sempre seja evidente ou fácil. O melhor a se fazer em caso de febre, coriza e tosse, é procurar o seu pediatra para que ele possa decidir qual a melhor abordagem para cada caso.

Por favor mandem seus comentários e dúvidas. Gosto de tentar respondê-los.

302 pensamentos sobre “COQUELUCHE

  1. Ola Dr Cooper,

    Moro na Australia e aqui esta tendo um surto de coqueluche, alem de vacinar a minha bebe, eu e o meu marido tambem fomos vacinados novamente. Muito bem lembrado que os adultos tambem precisam tomar a vacina!

    Mais uma vez obrigada pelas informacoes.
    Vania

    • Vania,
      Obrigado por seu depoimento, vindo de tão longe! Nos EUA também existe um surto de coqueluche e, muito provavelmente, esta é uma situação que afeta a todos. Por isso eu achei importante comentar sobre a vacinação contra a coqueluche, para adultos. Seu depoimento reforça essa necessidade.

    • Olha o meu bebê mesmo vacinado pegou a coqueluche, creio q veio da babá e agora eu apresentei o mesmo quadro, todos medicados com antibiitico ate o meu bb de 8 meses.
      Impressionante sobre o reaparecimento e bem importante o seus comentários

    • Minha filha de 6 anos foi diagnosticada com coqueluche,ele tem crise de tosse que chega a vômitar, ela já está sendo medicada, está tomando antibióticos, queria saber se tem como acalmar a tosse e quanto dias essa doença leva p sair da minha filha…

      Desde de já agradeço

      Att Josyane Iglesia

      • Prezada Josiane,
        Infelizmente, somente o tempo acalma a tosse da Coqueluche. A questão é que a tosse demora muito tempo para passar. Os chineses chamam a Coqueluche de “tosse dos cem dias”! Em geral, a tosse pode durar 12 a 14 semanas. Claro que vai melhorando, mas, persiste por longo tempo.

  2. Dr estou muito preocupada com a volta da coqueluche, só recebo na minha casa visita que tenha tomado a vacina.Só saio de casa com meu bebe que tem 3 meses pra consulta na pediatra. Penso em sair e receber demais visitas quando ele tiver 6 meses com as 3 doses da vacina. Estou exagerando ou é necessário.assim? Obrigada

  3. Doutor, minha filha de 5 meses foi diagnosticada com coqueluche, gostaria de saber qual o tempo total para que a coqueluche seja curada, deixando de apresentar os sintomas característicos.

  4. Olá Dr, boa tarde. Gostaria de saber se mesmo depois de medicada com antibioticos a pessoa que está com coqueluche pode ter febre ou alguma outra complicaçâo? Obrigada.

    • Prezada Fernanda,
      O uso de antibióticos nos casos de coqueluche tem como objetivo reduzir o tempo de duração da doença. Assim, é possível que uma pessoa com coqueluche e medicada com antibióticos apresente febre e continue a tossir. Sugiro que o pediatra ou clínico da pessoa esteja a par da evolução para poder sugerir outras medidas ou exames, se julgar necessário.

  5. Dr, minha filha acabou de ter alta e terminou ontem os antibióticos só que ainda tosse muito sei que a tosse vai demorar e que ela não pode pegar gripe e resfriado pois as crises podem surgir novamente….. Ela só tem a primeira dose da vacina iria tomar a segunda dose dia 28/01 q foi quando ela foi internada. A minha dúvida é se ela já pode tomar a segunda dose da vacina e se pode ter coqueluche novamente ou ela adquiriu imunidade quando teve a doença…. obrigada!

    • Prezada Fátima,
      A Coqueluche produz uma imunidade imediata, mas não se sabe por quanto tempo protegerá a criança. Assim, a recomendação é que conclua a vacinação normalmente, dando a segunda dose imediatamente e a terceira dois meses após a segunda.

  6. Minha filha de 2 anos´estavasó com tosse forte e vomitos há uma semana o pediatra disse que era alérgicam mais depois de 10 dias com a tosse persistente levei no pronto socorro e a pediatra disse que parecia bronquite e fiquei na dúviada e o pediatra dela disse que era coqueluche, mas como que mesmo com a vacina se pega coqueluche. Estou muito preocupada porde acontecer isso doutor, mesmo com a vacina pode contrair a doença cpqueluche?

      • Muito obrigada pela resposta,mais uma duvida agora que ela está pode se dar uma vacina de reforço ou não é necessário? Grata

      • Gerlaine,
        É necessário vacinar sua filha com todas as doses ou reforços que ainda estiverem faltando. A coqueluche tavez dê uma proteção de curto prazo, mas não é uma imunidade duradoura. A própria vacina precisa de doses de reforço porque, com o tempo, diminuem os anticorpos. Por esse motivo, hoje, a recomendação é que quando os adultos forem tomar o reforço de anti tetânica, seja dada a vacina tríplice acelular (difteria-coqueluche e tétano). Esta vacina acelular, atualmente, só está disponæivel nas clínicas privadas.

      • Obrigada. mas ela está em dia com as vacinas por isso não precisa de reforço apenas esperar a de 5 anos porque ela tem 2.

  7. Olá bom dia, tenho uma bebê de 1 ano e 5 meses, ela foi diagnosticada pela pediatra dela com coqueluche, ela tem sérias crises respiratórias nem sempre há tosse quando tem tosse é uma tosse curta, em uma das crises ela ficou com muita dificuldade para respirar ficou bem roxa e chegou a desmaiar, aí foi voltando ao normal e após uns 5 minutos parecia que nada havia acontecido, fora isso tem algumas situações de tosse com um tipo de engasgo mas nada muito intenso, percebe-se um catarro bem espesso na garganta, será que se trata mesmo de coqueluche?

    • Prezado Fernando,
      Infelizmente o blog não substitui uma consulta médica, por mais que tente me descrever tudo que precebe com a sua filha. A história detalhada e o exame clínico são fundamentais para que se possa fazer uma hipótese diagnóstica. Espero que compreenda. O que eu posso lhe sugerir é que discuta suas dúvidas com o seu pediatra ou ainda busque uma segunda opinião, marcando uma consulta com outro médico. É um direito seu.

  8. boa tarde doutor. Um coleguinha distante da minha filha esta com coqueluche, ela tem 4 anos e tomou todas as doses recomendadas da vacina. Nao sei informar se ouve um contao direto entre eles. Descobri isso ja faz 10 dias. O que devo fazer.
    Obrigado

    • Fernanda,
      Se a sua filha tomou todas as doses, inclusive o refôrço entre 4 e 6 anos, nada a fazer. Se ainda não deu esse reforço, seria bom dá-lo. Aliás, seria bom, independentemente da coleguinha estar com coqueluche ou não. Não vejo motivos para maiores apreensões.

  9. Oi doutor a minha filha foi diagnosticada com coqueluche!ela tomou eritromicina ja terminou o remédio faz 3 dias e agora parece que piorou muito…em uma hora eu contei 18 crises to apavorada e vou no pediatra ele só diz q é normal!!

    • Prezada Zozi,
      A medicação dada para os pacientes com coqueluche visa a diminuir a transmissão da doença e tentar encurtar o seu tempo de duração. A medicação não cura o paciente, como faz com outras doenças. A tosse da coqueluche dura entre 6 e 10 semanas, podendo durar mais. É um longo período. Acho importante você manter o seu pediatra informado sobre a evolução da sua filha, para que ele saiba como ela está. Mas, uma melhora lenta é o esperado nos casos de coqueluche.

  10. Olá, minha filha de 03 anos teve coqueluche, foi diagnotica antes do carnaval/2013, apesar de vacinada, mas a minha dúvida é a seguinte: vou poder dar a vacina da gripe A?

    • Prezada Laci,
      Pode e deve dar a vacina da gripe A, bem como todas as demais vacinas. Quando estiver entre 4 e 6 anos, deve dar o reforço da vacina tríplice, que protege contra a difteria, tétano e coqueluche. Mesmo tendo tido a doença, a recomendação é que se dê os reforços, normalmente.

    • Prezada Viviane,
      A probabilidade da sua filha contrair coqueluche novamente é baixíssima. A doença confere imunidade (proteção) por um período de tempo e ela deve estar tomando as vacinas que lhe darão uma proteção mais duradoura.

  11. dotor meu filho tem quatro mese ele pegou a coqueluche quando ia completar os quatro mese era quando ele ia receber a segunda dose da vacina mais ja esta tomando os antibióticos e agora dotor eu posso dar a segunda dose

  12. olá dr. minha bebê pegou coqueluche com 40 dias de vida ja foi vacinada agora com 65 dias esse pigaro na garganta è da coqueluche? deve ir ate quando? poderà deixar sequelas?quando ficar totalmente curada?

    • Prezado Fernando,
      A duração da tosse pode ser de 6 a 10 semanas. Pelo que descreveu, sua filha não está mais tossindo, transcorridos 25 dias do início da doença. Isso fala a favor de uma coqueluche branda. O blog não substitui uma consulta, por esse motivo não posso opinar sobre sequelas. Mas, do ponto de vista teórico, são muito remotas as chances de sua filha ter uma sequela. O prazo para que fique totalmente curada pode ser de até 10 semanas.

  13. dr. minha filha está com coqueluche há 5 meses o médico que está tratando ela disse que é normal, neste final de semana ela teve uma crise devido ao catarro espesso, não conseguia respirar e nem escarrar e o médico plantonista disse que tem alguma coisa de errado ai, o por que será que ela não curou ainda? no inicio fez três tratamnetos com antibioticos, o ultimo devido a pneumonia. Há dois meses fez de novo tratamento com antibiotico dessa vez eritromincina, me ajude por favor?

    • Prezada Fabiana,
      O blog não substitui uma consulta médica. Sem colher uma história detalhada e realizar um exame clínico, é impossível para mim opinar,especificamente, sobre a sua filha. O que eu posso comentar é que a tosse da Coqueluche persiste por muito tempo. No entanto, 5 meses, é um tempo de duração atípico. Apesar de atípico, algumas crianças realmente tossem por um período longuíssimo. Minha sugestão é a de que converse de forma franca e aberta com seu pediatra, perguntando se não haveria algum outro diagnóstico e/ou exame que ele sugeriria que fosse feito. Pode também perguntar se não seria o caso de ouvir um especialista como um pneumologista pediátrico. Finalmente, se você não se sentir segura com as respostas dadas, tem todo o direito de ouvir uma segunda opinião. Nesse caso, procure um pediatra com referências de pessoas que você confia. Espero que compreenda a limitação do blog.

      • obrigado pela sugestão doutor, mas é que o meu esposo também adquiriu coqueluche, e quando ele consultou com pneumologista quando estava no auge da doença ele disse apenas que era inicio de broncoespasmo, assim fica difícil de entender a abordagem clinica de certos especialistas, quer dizer então que broncoespasmo pega, porque a minha filha ficou doente junto com o meu marido. aguardo resposta

      • Prezada Fabiana,
        A Coqueluche é uma doença produzida por uma bactéria e é contagiosa. Isto é, uma pessoa contrai a doença de outra. Já o broncoespasmo é uma reação do brônquio que pode ser produzida por várias causas, entre as quais, uma infecção. O broncoespasmo não é contagioso. Seria bom uma conversa com o seu pediatra ou, como sugeri antes, ouvir uma segunda opinião para saber o que sua filha tem.

  14. Bom dia Dr.
    Meu filho tem 8 meses e neste domingo foi diagnosticado com coqueluche. No raio x o pulmão estava com catarro, a doença dá mesmo esse catarro no pulmão? Outra dúvida, é que ele começou com antibiótico (Klaricid) e corticoide (Prelone) no domingo mesmo, porém ontem 15/04, ele passou o dia sem tanta tosse e a noite também, só que ele hoje amanheceu muito pior do que os outros dias, é normal essa piora? Ele vai para escolinha, porém devido a doença o médico do PS afastou-o por 5 dias, após os 5 dias posso mandá-lo para escolinha com segurança, ou ainda tem algum perigo de piora da doença, tendo em vista que saímos de casa bem cedo?

    Parabéns pelo seu blog Dr. eu e minha família ficamos perplexos com o diagnostico pois achávamos essa doença já havia sido erradicada a muito tempo, seu artigo ajudou-me muito a entender melhor sobre essa doença.

    Muito obrigada
    Abs.
    Leticia

    • Prezada Letícia,
      A Coqueluche está longe de ser erradicada. Pelo contrário, aumenta número de casos.
      A tosse da coqueluche demora muito tempo para desaparecer. Pode levar 10 semanas ou mais. Seu filho pode retornar para a escolinha depois de completar 5 dias tomando a Claritromicina. Ela não cura a Coqueluche mas diminui sua duração e impede a transmissão.
      Obrigado pelas palavras elogiosas ao blog. É bom saber que a informação publicada foi útil.

  15. Dr boa noite!
    No fim do mês passado minha filha de 1 ano e 11 meses estava com muita tosse, sempre vomitava após as crises, ate que desmaiou de tanto tossir, levei ela no pronto socorro e a medica a internou com suspeita de coqueluche, no outro dia a medica plantonista disse que não era coqueluche e sim bronquite, como saber o que realmente ela teve… ficou 4 dias internada e teve alta com claritomicina e prelone, a dosse durou mais alguns dias mais não tao intensa. a minha duvida e o que realmente ela teve…
    obrigada

    • Prezada Queiti,
      Se duas médicas que examinaram sua filha chegaram a diagnósticos diferentes, imagine eu, que não examinei sua filha! O blog não substitui uma consulta e espero que compreenda esta limitação. Sugiro que converse com seu pediatra ou, o que seria melhor, procurasse a médica plantonista para uma conversa franca onde você lhe pediria um diagnóstico.

  16. minha filh com 7 dias de vida e ainda prematura de 35 semanas foi internada com suspeita de coqueluche teve varias complicacoes pneumonia era uma tosse horrivel foi descaso levei ao ps 3 x e eles falaavam qe não era nada resultado 30 dias hospitalizada 14 entubada e a tosse permaneceu mas o exame deu negativo para coqueluche minha filha fez acompanhamento no pneumo ate os 3 anos e depois disso o medico disse ela não terra mais anda joguei todos aqueles exames fora inclusive as tomografias e ressonancias agora com 5 anos esta com epilepsia tem uma pequena cicatriz na area bca do cerebro um pontinho q pode ser isso sera q foi daquela tosse horrivel?

    • Prezada Rosangela,
      Sugiro que pergunte ao neurologista que está acompanhando a sua filha. No entanto, pode ser difícil até para o neuro que a atende definir precisamente se o que sua filha tem foi ou não consequência da tosse que teve. Me parece que o mais importante, agora, é tratar do que sua filha tem, o que você já está fazendo.

      • É DR. foi exatamente isso que ele me falou que apesar das minhas perguntas sem respostas nada vai adiantar o fato é que ele tem as convulsões sem febre….mas obrigada …

  17. Dr. boa tarde! Minha filha teve coqueluche: o exame deu positivo. As tosses começaram dia 28/12/12 só um mês depois que tivemos o diagnóstico certo, teve que ser internada 25/01/2013. Ficou com muita tosse e todos os médicos dizem que ela teve a doença e toda tosse, resfriado ou grife não tinha mais nada relacionado a doença perguntei se teria que fazer algum acompanhamento ou tratamento disseram que não era preciso. Só que no inicio de abril ela teve pneumonia os médicos dizem que não está relacionada com a doença. Parece que ela fica por um periodo de 90 dias que é bem próximo da pneumo da minha filha. Agora te peço um conselho pois estou desesperada pois não aguento mais ver minha filha tão pequena sofrendo. Procuro um pneumologista infantil para fazer um acompanhamento ou qual outro especialista devo procurar. Se puder ajudar, desde já agradeço.
    Grata
    Fah

    • Prezada Fah,
      De fato, um pneumonia em abril não está relacionada com uma Coqueluche em dez/jan. Um único episódio de pneumonia não implica em acompanhamento específico ou especial. Visitas rotineiras ao pediatra são o suficiente. Somente deveria procurar um pneumologista em caso de pneumonias de repetição, o que não é o caso da sua filha. Sugiro que estabeleça uma relação de confiança com seu pediatra, conversando francamente com ele sobre suas preocupações. Ele mesmo poderá lhe orientar para uma eventual necessidade de ouvir a opinião de um especialista.

  18. dr a minha filha de 6 anos ta fazendo exames pra saber se e coqueluche que ela tem ,quase certo que simesta sendo medicadacom claritromicina 250mg parece que ja melhorou um pouco ,mas da semana passada pra ca a filha mais nova de 3 meses ta tendo os mesmo sintomas ja levei em varios medicos nem um faz nada ,nem exames so ta tomando prednisolona e fazemdo nebulizasao com soro nao sei mais o que faço a tosse dela e orivel tenho muito medo ,posso dar claritromicina pra ela tambem

    • Prezada Cleonice,
      Não dê Claritromicina por conta própria. Somente deve dar antibióticos por prescrição médica. Como o blog não substitui uma consulta, o que eu posso lhe recomendar é que não tenha vários médicos para sua filha. Escolha um de sua confiança e converse francamente com ele, seguindo suas orientações. Quem tem muito médico, não tem nenhum e fica mais confuso ainda.

  19. oi dr, obrigado pela resposta , levei minha bebe no plantao e o medico me receitou eritromicina ,esta tomando de 6 em 6 horas ,faz 3 dias que ta sendo medicada ,quanto tempo leva par o remedio matar o virus da coqueluche. posso dar a segunda dose da vacina pra ela mesmo com a doença,vai completar 4 meses dia 16 .

    • Cleonice,
      O antibiótico vai reduzir o tempo de duração da doença e o contágio das pessoas próximas à sua filha. A tosse poderá persistir por várias semanas, o que é normal ou esperado nos casos de Coqueluche. Você pode e deve dar a todas as doses da vacina.

  20. meu filhinho tem tres meses e teve coqueluche,ele ainda nao tomou nenhuma vacina,minha vizinha a filhinha dela esta com coqueluche sera que ele pode pegar novamente,grata

    • Prezada Rafaela,
      A doença confere alguma imunidade (proteção), por algum tempo. A probabilidade de seu filho pegar coqueluche novamente, agora, é baixa. Mas, com o tempo, ele vai perder essa proteção natural que a doença produziu. Por este motivo, deve receber todas as vacinas do calendário normal. Com três meses, já poderia ter tomado a primeira dose da vacina que inclui o componente contra a Coqueluche.

  21. Obrigada Dr.
    Ele já fez o tratamento da coqueluche quando acabou a tosse dele tinha acalmado,porem a três dias ele teve febre e dor de ouvido e a tosse voltou porem, não tão forte quanto antes mas ele engasga como se fosse uma baba,isto é normal?

    • Rafaela,
      A Coqueluche é uma doença com uma tosse prolongada. Às vezes chega a 10 semanas de tosse, mesmo tendo tratado.Mas, como o blog não substitui uma consulta e seu filho teve febre e dor de ouvido, sugiro que o leve ao pediatra. Depois de examiná-lo, poderá lhe dar a orientação mais adequada.

  22. doutor ,a mais ou menos 1 mês meu filho estava com bronquite e dois dias depois deu febre tomou amoxilina ,sabutamol e predsim,decorrido 3 semanas ele inflamou os ouvidos e agora depois de 1 semana ele esta tossindo muito desde ontem (21/05) ai o pediatra esta suspeitando q seja coqueluche ainda vou fazer o exame de sangue,mas caso seja tem alguma relação com essa bronquite a 1 mês atrás ou começou junto com a tosse essa semana ??? obrigado

  23. Boa tarde. Minha filha tem 1 ano e 9 meses e foi diagnosticada com coqueluche, devido ao quadro clínico (tosse). Ela está tomando klaricid e pelo que li em vários artigos, a tosse tende a piorar, mesmo sendo medicada. É isso? Ela vai ter os acessos de tosse a ponto de vomitar, ficar sem ar? Abracos parabens pelo artigo. Eu tambem acreditava que ninguem mais pegava coqueluche

    • Prezado Thiago,
      A medicação que sua filha está tomando, pode reduzir a duração da Coqueluche, mas, não irá curá-la. O principal motivo para se administrar antibióticos é o de reduzir o contágio. Após 5 dias de uso do antibiótico, a criança não transmite mais a Coqueluche. De fato, deve se preparar para um período de tosse, que pode chegar até a 10 semanas, não necessariamente com a mesma intensidade de hoje.

  24. ola. Minha filha,estava pra completar seus 2 anos guando os médicos resolveram abaixa-la no hospital pois vomitava muito,muita doce . Passou mas sempre que esfria logo começa a doce e tudo de novo .coqueluche tem cura como posso ajudar minha filha .Agora nesse momento ela esta com a doce nova mente pra dormir coloco ela um pouco sentada isso e o certo. Se o senhor me poder ajudar serei muito grata .OBRIGADO.

    • Prezada Ana Paula,
      Seu relato é muito mais sugestivo de uma tosse com algum componente alérgico do que coqueluche. Mas, como o blog não substitui uma consulta, seria irresponsável da minha parte opinar de forma categórica. Sugiro que retorne ao seu pediatra ou médico e converse com ele. Ele é a melhor pessoa para lhe orientar. Espero que compreenda a limitação do blog/internet.

  25. Olá Dr. Estou gravida de 29 semanas comecei com os sintomas da coqueluche com 16 semanas de gestação e tossi por 8 semanas sem parar e então tive uma melhora após tratamento com antibiótico e uso de pó inalante seretide, fiquei livre da tosse por umas 3 semanas e logo voltou todos os sintomas tão intensos quanto no inicio. Gostaria de saber se é normal o reaparecimento dos sintomas após um período de melhora e se tem a possibilidade de ter passado a doença para o bebe e ela desenvolver os sintomas quando nascer? estou muito preocupada com minha bebe e aproximação da data do parto por que terei que fazer uma cesariana.
    Obs: fiz exames que comprovaram se tratar da bactéria bordetela.

    • Prezada Josiane,
      Quanto aos seus sintomas, sugiro que converse com seu médico. Além de eu ser pediatra, o blog não substitui uma consulta. Quanto à sua filha, ela não vai desenvolver os sintomas ao nascer. O que você passou para ela foram anticorpos que ajudarão a protegê-la no período em que ainda não estiver completamente vacinada.

  26. Ola dr.meu filho de 9 anos,tem histórico de bronquite e dermatite atópica esta com sintomas de coqueluche a 10 dias esta tomando axi orientado pela pneumo,fez raio x de tórax e seios da face,tomografia de pulmão não acusou nada,agora guardamos o resultado do exame para ver se realmente é coqueluche..mas ja toma a axi a 6 dias e tosse o tempo todo,as x engasga e fica roxo pq lhe falta o ar então temos que dar um tranco para ele respirar..esta com todas as vacinas em dia…e não esta indo a escola….grata!!!!

    • Prezada Josy,
      Não compreendi bem qual seria o seu comentário ou duvida, como gostaria que revisse o nome do medicamento (axi?) que seu filho está tomando. Caso sua pergunta fosse relacionada com a tosse, esta pode durar por muitas semanas, apesar do tratamento. O que o tratamento faz é encurtar um pouco esse período de tosse e diminuir a transmissão da doença.

  27. Olá Dr.! estou muito preocupada com meu netinho de 5 meses. Ele começou com uma tossi, sem febre e a pediatra achou que era devido ao frio, mas agora ela está desconfiando que seja coqueluche, porque o menino teve uma crise no consultório. Ele tossi muito e chega a perder o ar, isso várias vezes por dia e por noite. O bichinho chega a ficar cansado depois da crise, mas sem chiado no peito.
    O que está me preocupando é a quantidade de medicação que o pequeno está tomando. Ele fez uso de Berotec na nebulização e agora está com antibiótico, e o pior é que não conseguimos ver nenhuma melhora, ele continua tossindo muito. Ele continua se alimentando e bebe bastante água. Qual a sua opinião Dr.

    • Prezada Célia,
      Entendo a sua preocupação com seu neto. No entanto, como o blog não substitui uma consulta médica, não posso opinar. O que posso lhe dizer é que, se o seu neto estiver, de fato, com Coqueluche, a tosse vai persistir por até várias semanas, apesar da medicação. Recomendo que mantenham contato com o pediatra, comunicando como seu neto está evoluindo. Ele é a melhor pessoa para orientá-los.

  28. Boa noite Dr Roberto.
    Tenho filho de 1 ano e 9 meses que começou a ter tosse com corisa,mas sem febre pensei que era um resfriado mas como a tosse não cessava resolvi leva-lo ao médico, que disse que era uma tosse alergica e receitou os seguinte medicamentos: Azitromicina,Predisilona e Aerolin, enquanto fazia o tratamento a tosse cessou um pouco mas logo depois do termino do tratamento voltou,resolvi leva-lo em outro médico que pediu um exame de hemograma e PCR, pois ele suspeitava de Coqueluche,como ele tinha tomado a Azitromicina ele disse que provalvelmente o medico anterior tinha passado pois suspeitava de coqueluche e ele disse que o exame ia dizer,ele receitou: Decadron,Decongex, Flixotide e continuasse com o Aerolin.Retornamos a ele, ele olhou o exame do PCR 24UI/mL e disse esse resultado indicava coqueluche, e como ele já tinha tomado o antibiotico, poderia continuar com o Flixotide durante 2 meses de 12/12 hs e o Aerolin na crise, porem depois de 1 semana ele apresentou febre baixa( ele não tinha tido ainda),e a tosse voltou mas não com a mesma intensidade, ele continua no flixotide até completar os 2 meses.Essa febre e tosse ainda é da coqueluche? o que fazer? estou desesperada!!
    agradeço desde já.

    • Prezada Rivanilda,
      Pela internet não é possível se fazer um diagnóstico ou dar uma opinião médica. É preciso examinar a criança, depois de ter ouvido e esclarecido alguns pontos da história clínica. O que eu posso lhe dizer é que seu pediatra é a melhor pessoa para lhe orientar e tranquilizar. Se for ouvir muitas opiniões, só vai ficar confusa e insegura porque cada um diz alguma coisa um pouco diferente. Ouça o que o pediatra em quem confia tem a lhe dizer. Converse francamente com ele. Se não tem esse vínculo de confiança, procure um pediatra com quem possa estabelecer esse elo fundamental. Espero que compreenda a limitação da internet.

  29. ola doutor, minha,filha tem 2 anos e pegou coqueluche com 1 ano e 8 meses isso foi em fevereiro de 2013 e até agora a tosse continua não sei mais o que fazer me ajude. Pode me responder por email por favor.

    • Prezada Aline,
      Os chineses chamam a Coqueluche de tosse dos 100 dias. A principal característica desta doença é a tosse muito prolongada. Não há medicação que resolva essa tosse que passará com o tempo. Mas, sugiro que retorne ao seu pediatra para revisões. Desta forma ele poderá lhe tranquilizar e orientar.

  30. Dr primeiramente obrigada pela atenção!!!
    Meu filho teve um diagnóstico de coqueluche mais clinicamente pois o exame deu inconclusivo, isso foi no mês de Abril , teve o período critico , mas agora no mês de junho a tosse ainda permanece, como ele tem bronquite a pneumologista solicitou alguns exames como alergia a proteína do leite e refluxo para justificar essa tosse.
    Lendo alguns artigos vi que a tosse realmente pode permanecer por algum tempo, fora essa tosse ele está sem apetite. A minha pergunta é , realmente essa tosse e a falta de apetite pode permanecer por tanto tempo?? em quanto tempo ela ainda pode ficar ? e se tem algum medicamento que pode ajudar ??

    Obrigada mais uma vez

    • Prezada Simone,
      A tosse da Coqueluche pode permanecer por muito tempo. Como já disse antes, os chineses chamam a Coqueluche de “a tosse dos 100 dias”. Sendo Coqueluche, não há medicamento específico que possa ajudar. O que me chamou a atenção positivamente foi o fato de você ter consultado uma pneumologista e esta estar investigando outras causas de tosse prolongada. Sugiro que converse francamente com a pneumo, fazendo perguntas e compartilhando suas dúvidas porque ela, certamente, é a melhor pessoa para lhe orientar e tranquilizar.

  31. Boa noite,minha bb d 1mês d vida está internada c coqueluche hs 9 dias,porem so foi descoberta a 3 dias e está sendo tratada c o antibiótico e xarope tb ta no oxigênio,minha preocupaçao é a respeito dessas crises gostaria d saber qndo elas começam q ficar mais branda pq cada vez q acontece ela fik s fôlego,eu msm coloco o dedo e tiro q secreção antes msm d chamar o medico d tao nervosa tenho medo d ir p ksa c essa crise. Obrigado pela atenção

    • Prezada Betania,
      As crises de tosse, na Coqueluche, demoram muito tempo para passar. Não é incomum que bebês que tenham tido Coqueluche, tenham acessos de tosse por 10 semanas ou mais. A intensidade vai diminuindo, lentamente, mas é uma tosse arrastada. Seu médico saberá o momento seguro para dar alta à sua bebê. Converse com ele de maneira franca e direta. Ele é a melhor pessoa para lhe orientar e tranquilizar.

  32. Oi, Dr. tudo bem?? Tenho uma dúvida, minha irmã é enfermeira e essa noite internou um paciente de 70 anos, encaminhado com doença respiratória, com suspeita dentre outras doenças, de coqueluche. Ela não teve contato direto com esse paciente. Tenho um bebê de 1 mês e 15 dias. Estou preocupada. Ela pode entrar em contato com o meu bebê??

  33. Uma pessoa adulta que teve início dos sintomas de coqueluche no final do mês de maio de 2013. Fez uso de amoxicilina por 7 dias, além de corticoides etc…(não fez uso de Eritromicina). Se essa pessoa fizesse o exame de sangue ou cultura na data atual para bordetella, teria alguma possibilidade desses exames detectarem a doença a essa altura do campeonato? Ou seja, após dois meses de doença algum exame seria capaz de detectar a bactéria?

    • Prezada Simone,
      A cultura de Bordetella é o padrão-ouro para o diagnóstico de Coqueluche. No entanto, não é uma cultura fácil de se realizar em função das características da Bordetella. Uma série de cuidados na coleta e transporte do material precisam ser tomados. Após antibioticoterpia e/ou transcorridas mais de 3 semanas após o início da tosse, as culturas serão negativas. Portanto, no caso que descreveu, não detectaria a bactéria. Existe um exame- IgG para a toxina de Pertussis que poderia sinalizar se houve doença recente ou não. Desconheço se este exame está sendo realizado no Brasil e sua interpretação pode ser complexa. Objetivamente, acredito que não há nenhume exame que possa detectar a bactéria, no caso que descreveu.

  34. Bom dia doutor minha bebê esta com 4 meses e com crise de tosse que perde o fôlego levei ao medico esta tomando claricid e hidroxizini ela ñ tem febre. com as crises da tosse e a falta de ar nas crises minha mãe comentou sobre a coqueluche. ontem a levei ao medico tirou raio x ta limpinho fez exame de sangue o medico disse q não é a coqueluche . exame de sangue e confiável e esses sintomas q sao parecidos ?

    • Prezada Simone,
      Infelizmente, o blog não substitui uma consulta médica. Para se chegar a um diagnóstico, o que nem sempre é fácil, é preciso ouvir a história do paciente, fazer perguntas, examinar a criança e pedir exames, quando necessário. Sugiro que fale com seu pediatra.Ele é a melhor pessoa para lhe orientar e tirar suas dúvidas. Espero que compreenda esta limitação do blog.

  35. Olá Dr.
    Minha filha tem 6 anos e foi diagnosticada com coqueluche, de fato os sinais são bem característicos. O fato é que sou gestante de 22 semanas e fui vacinada em um período em que minha filha já estava com a doença, agora sinto alguns sintomas parecidos. Minha dúvida é: a doença passa via placentaria? No geral, que tratamento deve ser usado na gestante? Estou muito preocupada com o bebê…. Desde já te agradeço!

    • Prezada Nayra,
      Converse com seu obstetra. Mas, em princípio, seu bebê não corre nenhum risco. A doença não passa por via placentária. Por outro lado, seja por causa da vacina, seja pela doença, seu bebê receberá anticorpos seus que o ajudarão a ficar protegido nos primeiros meses de vida, enquanto está tomando suas vacinas. Seria bom vacinar as pessoas que terão contato muito próximo com o bebê.

      • Dr. Obrigada pela resposta, seu trabalho traz informação e tranqüilidade a todos de nossa casa.
        Deus o abençoe!

  36. Dr, ja tem quinze dias que meu bebe esta com essa tosse, se intensificando, passei por varios medicos e só agora uma medica diagnosticou. Ele tem 5 meses. Ela passou eritromicina um antitussígeno e antes quando não sabia fazia nebolização com berotec, outra vez com fluibron. Agora só faço 2 vezes ao dia com clenil A. Existe algum medicamento que deve ser tomado ou é só eritromicina mesmo? Grata pela resposta! Jesus te abençoe!!

    • Prezada Manoela,
      A ertromicina é um dos antibióticos utlizados, corretamente, no tratamento da Coqueluche. O que a eritromicina faz é reduzir a duração da doença. Não espere a cura da Coqueluche após o período de antibióticos. A tosse pode persistir por mais 10 semanas, sendo ainda normal.

  37. Dr. meu bebê esta com 2 meses e esta com muita tosse levei no plantão pois a pediatra dele esta de ferias ,entaõ receitaram clavulin bd 400 e predsin xpe e faz dois dias e a tosse nao passa to preocupada ,mas ele não tem febre ,será que pode ser coqueluche?

    • Prezada Janaina,
      Gostaria de poder lhe ajudar, respondendo à sua pergunta. No entanto, sem ouvir a história clínica de um bebê e fazer o exame físico, é impossível (e até irresponsável) fazer qualquer comentário. Por esse motivo, o blog não substitui uma consulta médica. O que eu sugiro é que, caso persista sua dúvida, procure o plantão, de preferência a mesma médica que a atendeu, e converse francamente com ela. Ela é a melhor pessoa para lhe tranquilizar e orientar.

  38. Boa noite
    Dr. fui diagnósticada por coqueluche não realizei o exame. minha duvida é: já tive 2 dias de atestado quinta-feira sexta-feira vou obter sábado e domingo.
    Trabalho com crianças de 3 anos, demora sair o resultado, no caso na segunda-feira volto para sala de aula. Quero saber se as crianças corre algum risco ou se seria melhor permanecer em casa. fico preocupada com eles por minha ausência mais por outro lado me preocupo com a saúde deles. Aguardo um retorno agradeço.
    Atenciosamente
    Daniela Salachinski

  39. boa noite dr roberto!meu bebe esta com um mes e o pediatra suspeitou de coqueluche!tosse ate perder o folego!ele me pediu o hemograma e o teste de iga,igg e ig e igm! no primeiro exame q fiz deu global de leucocitos 19600, bastonetes 1% e segmentados 37%! o iga deu 8 mas o igg e o igm nao ficaram prontos! depois de 5 dias de azitromicina o global foi pra 17300, os bastonetes 0 e o segmentado 24%! o que vc acha doutor?

    • Prezado Valerio,
      Exames de laboratório são complementares à clínica. Isto é, devem ser correlacionados com a história e o exame clínico. Assim, o hemograma do seu bebê só pode ser analisado à luz do que exame clínico. Como o blog não substitui uma consulta médica, seria irresponsabilidade minha opinar sobre o exame ou o caso específico do seu filho. No entanto, posso lhe dizer que, pelo seu relato, seu pediatra conduziu de forma corretíssima o caso. Recomendo que converse com seu pediatra para que este possa lhe orientar e tranquilizar. Gostaria de lembrar apenas que, se o seu filho estiver com Coqueluche, apesar da medicação corretamente prescrita, a tosse deverá persistir por um longo período (10 semanas ou mais!) e não há medicação específica que possa ser dada, principalmente para um bebê tão pequeno. Será preciso uma certa paciência e calma. Por isso a relação com o pediatra é tão importante.

  40. Boa tarde dr Roberto!desculpa te encomodar mais esqueci de te perguntar por quanto tempo essa tosse seguida com a falta de respiracao(o bebe fica com a boca roxinha) deve durar no caso de coqueluche!

  41. doutor minha filha tem 4 anos e ta com coqueluche,a noite da umas crises,ela fica apavorada sem respirar,e eu tambem fico doida,o que devo fazer quando isso acontecer?obrigada doutor

    • Prezado Paulo,
      O mais importante é ficar tranquilo e segurar sua filha,sem balançá-la ou soprar no rosto. Se você ficar calmo, vai ajudá-la, muito. Após uma crise de tosse, ela voltará a respirar, por mais apavorada que esteja. Sugiro que converse com seu pediatra a respeito. Ele é a melhor pessoa para lhe orientar e tranquilizar.

  42. Uma pessoa que mesmo tendo sido vacinada quando criança, na fase adulta desenvolveu coqueluche e se recuperou. Quais as chances dessa pessoa ter outras crises de coqueluche durante a vida? Ela deve se vacinar novamente?

    • Prezada Simone,
      Neste momento, ainda não há consenso quanto à duração da proteção dada pela vacina. Muito provavelmente vamos ter a recomendação de que adolescentes e adultos precisam de doses de reforço (como é com a vacina anti-tetânica). Portanto, a sua pergunta, excelente, não tem uma resposta definitiva. O fato de ter tido Coqueluche confere alguma proteção, provavelmente não permanente. Mas, ninguém sabe, ao certo, quanta proteção. Portanto, a decisão de tomar a vacina ou não deve ser feita por você, em conjunto com seu médico.

      • Olá Dr. Roberto

        É sempre muito prazeroso e gratificante obter esse retorno que o senhor nos proporciona. Procurarei um infectologista para saber se a vacina seria proveitosa e indicada no meu caso.

        Muito obrigada.
        Atenciosamente
        Simone

    • Prezado Caue,
      Sugiro que sua irmã seja acompanhada por um pediatra. Coqueluche em bebês exige mais atenção e cuidado, sem que seja, obrigatoriamente, algo de grande gravidade. Mas, como disse, precisa ser acompanhada por pediatra.

  43. Dr. minha filha teve coqueluche com 1mês e 20dias no começo do ano passou quinze dias internada mais agora está com uma gripe forte e uma tosse forte agora a pediatra disse que ela pode ter pego coqueluche dinovo com 8meses. isso pode ser Dr ?

    • Prezada Ranielle,
      Como a Coqueluche é uma doença bacteriana, em tese, a pessoa poderia ter mais de um episódio. A bactéria que produz a Coqueluche tem algumas “primas” que são capazes de produzir sintomas semelhantes. Por outro lado, com 8 meses, sua filha já deve ter tomado 3 doses de vacina contra a Coqueluche (DTP), além de ter tido a doença, o que torna um segundo episódio menos provável. Sugiro que converse francamente com seu pediatra a respeito e, se persistir a dúvida, ouça uma segunda opinião.

  44. DR.Roberto meu filho esta com coqueluche ele tem 2 meses e verdade que a tosse dura 3 meses, a tosse dele ja diminuiu mas a noite é pior, parece q eles perdem o ar.

  45. OLA DOUTOR…MEU FILHO TEM 14 ANOS E ESTA COM COQUELUCHE,..NAO FEZ OS EXAME MAIS FOI DIAGNOSTICADO PELO PNEUMOLOGISTA POR TODOS ESSES SINTOMAS QUE JA SABEMOS…O PROBLEMA E QUE TENHO UMA FILHINHA DE 5 ANOS QUE E MUITO GRUDADA A ELE…SEMPRE QUE DESCUIDO ELA ESTA LA DO LADO DELE…PROCURO DEIXAR AS JANELAS E PORTAS ABERTAS MAS ESTOU DESES PERADA TENHO MEDO QUE ELA PEGUE TAMBEM…..OQUE FAÇO?

    • Prezada Rita,
      Você já fez o que podia fazer que foi vacinar, nas datas certas, sua filha. Agora, caso ela apresente algum sintoma, leve-a ao pediatra e diga que o irmão está com Coqueluche. Como não dá para separar irmãos que se gostam tanto, relaxe um pouco.

  46. Bom dia Dr. Roberto!
    Gostaria de saber qual exame pode ser feito para comprovar a coqueluche.
    Desde já obrigada e parabéns pela maneira atenciosa, esclarecedora e serena que trata a todos.
    Fabricia

    • Prezada Fabrícia,
      Os exames para comprovar coqueluche vão depender do estado vacinal da pessoa e do tempo de evolução da doença. Não é algo simples como um hemograma. O melhor exame é uma cultura de aspirado do nasofaringe. Mas, esta exige algumas condições técnicas do aspirado. O outro exame é um PCR também de aspirado do nasofaringe (uma sonda é introduzida no nariz e se faz uma aspiração de material). Alguns exames de sorologia podem ser feitos, sem que um padrão tenha sido definido claramente. Finalmente, o hemograma pode dar algumas “pistas” que sugiram coqueluche. Se fosse um exame único ou algo simples a resposta seria bem mais simples! Sugiro que fale com seu pediatra. Ele é a melhor pessoa para lhe orientar.

  47. Olá Dr. Roberto
    Minha filha tem 1 ano e 6 meses e está com uma tosse seca a mais de duas semanas, quer dizer primeiro começou uma tosse com catarro mas sem febre, eu a levei ao médico e ele receitou Abrilar (Hedera helix L. Araliaceae. Dei o xarope por uma semana até que o catarro desapareceu e permaneceu a tosse seca. Achei que fosse por conta da estação e como ela não teve falta de ar e nem febre eu fiquei esperando a tosse ceder. Nessa última semana a tosse intensificou e quando ela tosse geralmente tem ânsia de vômito. Levei ao médico novamente e ele passou antibiótico (estolato de eritromicina) e um xarope (Kóide D -maleato de dexclorfeniramina=betametasona 2mg=0,25mg/5ml). O médico da minha filha não me disse que ela está com coqueluche, mas diante do quadro eu passei a suspeitar de ela está com a doença. A minha dúvida maior é se for coqueluche, eu posso continuar a dar os remédios receitados pelo médico? O que posso fazer para ajudá-la nas crises de tosse? Grata pela atenção!
    P/S; Ela foi internada em junho com uma tosse muito forte.

    • Prezada Elemi,
      Como o blog não substitui uma consulta, recomendo que fale francamente com seu pediatra, perguntando se o diagnóstico ou suspeita diagnóstica é de Coqueluche. Ele é a melhor pessoa para lhe orientar e tranquilizar. Sem falar especificamente da sua filha, o uso de eritromicina está indicado nos casos de Coqueluche. Já a tosse, que, na Coqueluche dura até 10 a 12 semanas, costuma ser rebelde às medicações que dispomos. Mas, repito, converse com seu pediatra.

  48. Boa Tarde Dr… Meu netinho tem 3 meses e foi diagnosticado coqueluche,estou preocupada,Em um bebe quais as complicações que podem ocorrer?por eles serem tão imunes,ele vai sair domingo do hospital e gostaria de algumas dicas para poder ajudar meu anjinho…Parabens pelo site a muitos anos não ouvia falar dessa doença e estava desesperada ate ver os depoimentos agora estou mais tranquila..Deus abençõe obrigada

    • Prezada Lucia,
      Como seu netinho está com alta prevista para domingo, é sinal de que não teve nenhuma complicação da Coqueluche. Agora, é preciso que a família esteja preparada para um longo período de tosse, que é o esperado nesses casos. O que pode fazer para ajudar seu neto é ficar tranquila, sabendo que a tosse, apesar de persistir, irá desaparecer. Essa tranquilidade, de todos, é o que dará ao seu neto, um ambiente acolhedor, sem tensões excessivas, onde poderão ser carinhosos com ele, sem um olhar “clínico” constante e sim um olhar amoroso. Paciência com a tosse!

  49. OLÁ DOUTOR, COM QUANTO TEMPO É NORMAL DIAGNOSTICAR A DOENÇA DE COQUELUCHE? Pois já levei em 2 pediatras, eles pedem o raio X, já fiz 2 vezes e o pulmão está limpo, acho que estão errando no diagnóstico, no dia 04/10 um Pediatra receitou xarope e nebulização,,, 09/10 quando a tosse piorou levei no outro pediatra, ele teve febre nesse dia e mais tosse só receitaram sorine e nebulização,, hoje 13/10 continua com tosse é domingo agora quero fazer o exame de coqueluche,, DIAGNOSTICO QUANTO ANTES MELHOR?? Comecei a observar a tosse dia 01/10 a tosse aumentando meu bebê tem 6 meses tomou a primeira dose da pentavalente com 5 meses,, segunda dose pra tomar dia 24/10. DEVO CONSULTAR ELE HOJE NO DOMINGO??? E SE ELES NÃO PEDIREM O EXAME????

    • Prezada Dahyanna,
      O exame para confirmar a Coqueluche não é um exame simples e, em geral, não é feito na maioria dos laboratórios. Seria uma cultura de aspirado do nariz, colhido em condições especiais. Existem exames “indiretos” que podem ser feitos e o hemograma é um destes, não sendo, no entanto, preciso para o diagnóstico.
      Assim, o diagnóstico de Coqueluche, muitas vezes é feito somente com a avaliação clínica.Minha sugestão é que escolha um único pediatra em quem confie para que ele possa acompanhar seu bebê e lhe orientar. Ficar mudando de pediatra ou ouvindo vários, confunde mais do que ajuda. Alguns diagnóstico exigem tempo e é importante que o mesmo médico veja a criança algumas vezes. Se vários médicos examinam a criança, nenhum deles terá uma ideia da evolução e o diagnóstico fica mais difícil, com a criança tomando mais remédios do que, eventualmente, precisa.

  50. Obrigada Dr Roberto!!!Poderia me dar uma informação,a tia do Pedro esta grávida,mora na mesma casa que o Pedrinho,tem alguma chance de transmitir coqueluche pro bebe,o que a tia dele deve fazer…

    • Lucia,
      Não há risco de transmitir para o bebê. O ideal é que a grávida receba uma vacina dTpa- tríplice acelular para adultos. Assim, ajudará a proteger o bebê contra a Coqueluche. O problema é que esta vacina só está diponsível nas clínicas particulares de vacinação.

  51. Olá ! Minha bb de 4 meses foi diagnosticada com coqueluche ela teve duas paradas cardiorespiiratoria ficou internada por 10 dias usou oxigênio e ta tomando claritomicina por 14 dias ela tomou por 5 dias na veia agora ela vai tomar por mais 14 dias v o mais as crises dela estão muito fortes ela fica com pigarro o dia todo estou um pouco desesperada sei q pode durar por muito tempo mais gostaria de saber se tem alguma coisa q pode aliviar as crises e se a inalação com soro ajuda ou não

    • Prezada Silmara,
      Pelo que descreveu, sua filha passou por momentos críticos e foi muito bem atendida. Como o blog não substitui uma consulta, sugiro que converse com o médico responsável pelo atendimento prestado a ela.
      Respondendo de modo genérico, não há muito que possa se feito, além do que já está fazendo. A nebulização com soro não é algo que dê resultados significativos. Mas, converse com o seu médico. Ele é a melhor pessoa para lhe orientar.

  52. Meu nn foi diagnosticado c coqueluche c 21 dias de vida a tosse comecou c 5 dias, hoje c 1 mes e 17 dias, apos internamento… ainda tosse e tem muita secressão, a pediatra dele n o medicou, estou dando por conta um remedio chamado ar livre, algum problema?
    parabens pela atenção q dar a todos!!!

    • Prezada Micilane,
      Sua pediatra não medicou porque não há medicação específica que possa ser dada. Além disso, a grande maioria, senão todos os xaropes, são contraindicados para crianças menores de 2 anos de idade. Recomendo que siga a orientação da sua pediatra e não automedique o seu bebê. Tanto mais que tem menos de 2 meses de vida!
      Obrigado por participar do blog.

  53. Olá Dr.!
    Tive coqueluche quando tinha menos de 2 meses de vida, fiquei + de 8 dias internada e alguns médicos duvidavam que eu sobreviveria.
    Hoje estou com 20 anos algum tempo atrás sentia frequentemente muitas dores na nuca a ponto de nem conseguir deitar a cabeça no travesseiro. Atualmente ainda sinto dores fortes na NUCA mas é uma vez ou outra.
    Minha dúvida é se essas dores são sequelas da coqueluche ou podem ser somente uma enxaqueca?
    Obrigada!

    • Prezada Francisca,
      Como o blog não substitui uma consulta, sugiro que procure um médico para que ele avalie suas dores de cabeça. Em princípio, me parece pouqíssimo provável que o que sente hoje seja sequela da Coqueluche que teve aos 2 meses.

  54. DR meu bebe de 4 meses teve o diagnostico de coqueluche dia 12/10/2013 como levei no inicio embora apresentando febre de 38 graus nao precisou ser internado apenas a prescricao de eritromicina 50 mg/ ml 1.5 ml de 6 em 6 hs por 5 dias, a febre nao retornou e o aspecto de crianca doente melhorou, porem as crises de tosse sao intensas e persistente tenho a impressao que esta cada dia pior sem contar que apareceu um ruido estranho nas narinas, gostaria muito de ajudar meu filho nessas crises de tosse, por mais quanto tempo ele ira sofrer… obrigada

    • Prezada Vivian,
      Como o blog não substitui uma consulta, sugiro que converse com o seu pediatra. Ele é a melhor pessoa para lhe orientar. Tanto mais que seu bebê teve um diagnóstico de Coqueluche e merece acompanhamento. Posso apenas lhe adiantar que a tosse da Coqueluche persiste por muito tempo. Os Chineses chamam a Coqueluche de a tosse dos 100 dias! Em geral a tosse dura algo como 12 semanas. É realmente um período de tosse prolongado.

  55. Boa noite Dr.

    Dr. minha esposa esta gravida de 8 meses ,moramos em Curitiba e fiquei sabendo sobre casos de coqueluche ,minha esposa pode tomar a vacina agora ou o ideal seria ela tomar depois de ganhar o bebe para que ao amamentar ela passase a imunizacao da doenca atraves do leite ou isso nao acontece.

    • Prezado Leandro,
      Tanto ela, quanto você, podem (e devem) tomar a vacina logo. Assim, o bebê recebe alguns anticorpos da mãe, ainda antes de nascer. Os anticorpos da vacina não passam pelo leite. Melhor agora, ainda grávida, passando pelo sangue.

  56. minha filha deve coqueluche antes de tomar a vacinação contra a mesma, e os agentes de saúde do meu bairro querem dar a vacina nela. agora ela já sta bem dizer sarada, e estou com medo de aplicar a vacinação nela eu penso que pode gerar uma contra reação isso pode ocorrer doutor. ela teve essa doença antes de fazer um mês.

  57. Dr.meu filho pegou coqueluche com 2meses,hoje ele ta com 5meses ainda tosse mais pouco sem catarro, levei pra consulta da pediatra dele ela falou q ele podia tomar a segunda dose da vacina.levei ele pra tomar,isso ja faz 8dias…mais agora eu sentir q a tosse dele aumentou e ja estou sentindo catarrinho no peito dele,estou muito preocupada,é possivel ele pegar de novo tao pouco tempo ou foi a vacina q deu uma reaçao…me ajudar Dr.Roberto…bjs

    • Prezada Marta,
      Como o blog não substitui uma consulta, seria irresponsabilidade minha comentar sobre a tosse de uma criança que eu não conheço, nem examinei. Posso lhe afirmar que fez bem em dar a segunda da dose da vacina e que o aumento da tosse não tem relação nenhuma com a vacinação. Recomendo que leve seu filho à pediatra para que ele lhe oriente e tranquilize, quanto à tosse.

  58. Olá Dr Roberto tudo bem?
    Minha filha de 9 anos, está com uma tosse seca, e comprida e as veses vem acompanhada de vomito e a face fica avermelhada que até parece ser uma falta de ar. Já levei ela no medico umas tres vezes, e me disseram que é uma tosse alergica. Mas como fiquei sabendo da volta da coqueluche, inclusive no brasil, estou muito preocupada. Inclusive a tosse de minha filha não foi diagnosticada com a coqueluche. mas estou muito preocupada poeque os sintomas são muitos parecido com o da coqueluche. será que tem posibilidade de ser coqueluche?

    • Prezada Ana Izabela,
      Como o blog não substitui uma consulta, seria irresponsabilidade minha opinar sobre a tosse da sua filha. Recomendo que converse francamente com o seu pediatra perguntando sobre a possibilidade de ser Coqueluche. Muitas vezes, o diagnóstico de uma tosse prolongada não é fácil ou imediato, requerendo algum acompanhamento e até tentativas com medicações para avaliar a resposta.

  59. Doutor,
    Vi que a grande maioria tratou a doença com eritromicina, entretanto, no nosso caso foi receitado por um plantonista azitromicina. Procede, o que difere um do outro? Obrigado e parabéns pelo blog.

    • Prezado Leonardo,
      A Azitromicina é uma variação da Eritromicina. Ambos pertencem ao mesmo grupo de antibióticos, os macrolídeos. Tanto a Eritromicina, quanto a Azitromicina estão recomendados para os casos de Coqueluche. A Academia Americana de Pediatria considera a Azitromicina como primeira escolha, mas a Eritromicina também pode ser prescrita.

  60. Dr Roberto, parabéns e obrigada pelo seu Blog nos ajuda muito com as nossas dúvidas e desespero de Mãe. Meu filho teve coqueluche a dois meses atrás e depois de parecer tudo bem…tudo resolvido ele começou com uma crise de rinite que foi evoluindo como se tivesse novamente com coqueluche…ouvi dizer que por um bom período todo vez que ele tiver crise de rinite ou ficar resfriado será como uma crise de coqueluche, isso procede ???? Obrigada !!!!

    • Prezada Luciana,
      Como o blog não substitui uma consulta, não seria correto eu opinar sobre a saúde do seu filho. De um modo geral, sem falar do seu filho, desconheço essa situação que descreveu, onde uma crise de rinite vai se parecer com a Coqueluche. O fato de eu desconhecer não significa que não possa existir. Tanto mais que, cada criança é única na sua forma de reagir. Portanto, sugiro que fale com seu pediatra. Ele é a melhor pessoa para lhe orientar e tranquilizar.

  61. Olá Dr. Cooper, há quase 3 meses a minha filha de 3 anos e 6 meses vinha apresentando crises de tosse, e eu no coração de mãe, comecei achar ser coqueluche, o pediatra descartou, procurei um outro pediatra, e descobrimos que realmente ela estava com coqueluche. Tenho ainda algumas dúvidas, só quem transmite a doença é um adulto para a criança, ou a criança mesmo sendo vacinada pode transmitir a doença? Gostaria muito de entender sobre quem pode realmente transmitir, e o tempo para a cura, pois mesmo já tido tomado antibiótico, ela ainda tem algumas crises de tosse típica de coqueluche.

    • Prezada Sara,
      A Coqueluche é transmitida, exclusivamente, por contato humano. Um adulto ou criança, vacinados, não transmitem a doença. No entanto, o que se está descobrindo é que a durabilidade da proteção vacinal talvez seja menor do que se supunha. Assim, alguns adultos jovens, que foram vacinados adequadamente quando crianças, não estão mais protegidos. Estes, bem como adultos que nunca mais tomaram nenhum reforço, podem ser portadores da bactéria que produz a Coqueluche, sem estar doentes. É por esse motivo que se recomenda a vacinação da mãe e do pai, durante a gravidez, bem como dos adultos que terão contato muito próximo com o bebê. A questão é que a vacina contra a Coqueluche, para adultos, não se encontra disponível na rede pública, somente nas clínicas privadas de vacinação.
      Quanto à duração da doença, esta é longa. Em média, os sintomas podem persistir por 6 a 10 semanas. É por esse motivo que os chineses chamam a doença de tosse dos 100 dias.

  62. Olá Dr Roberto,boa tarde meu filho tem 5 anos,há mais de 25 dias que apresenta tosse,é uma tosse horrível,ele falta o ar e fica parecendo que está engasgado,já passei por todo tipo de médicos,já foram falados vários diagnósticos,por último agora a pediatra dele pediu uma sorologia para coqueluche,o resultado só irá sair dia 28/11 o que posso fazer até lá,ele não está medicado e nem indo a escola,e a minha filha de 13 anos es´ta começando apresentar os mesmo sintomas.O que faço.Me dê uma orientação por favor!!!!!!

    • Prezada Conceição,
      Sugiro que converse com a pediatra que pediu os exames e pergunte a ela se haveria alguma medicação para ser feita, enquanto aguarda o resultado do exame. Diga a ela que a irmã está apresentando sintomas semelhantes. O melhor seria que a irmão fosse examinada pela pediatra. Como o blog não substitui uma consulta médica, seria irresponsabilidade minha, opinar mais especificamente sobre o seu filho.

  63. Olá doutor minha bb está a 8 semanas com a tosse da coqueluche teve várias complicações entre elas parada cardiorespiiratoria ela tem 5 meses e agora pegou um resfriado forte e ta com a tosse mais agravada de novo minha dúvida é a tosse da coqueluche pode voltar ?!

    • Prezada Silmara,
      Se a sua filha já estava inteiramente sem a tosse da Coqueluhce, esta não deverá voltar. Mas, é possível que tenha uma tosse que acompanha o resfriado, sem ser a Coqueluche. Se está em dúvida, o melhor é consultar o seu pediatra. Ele é a melhor pessoa para responder específicamente sobre a sua filha.

      • Prezada Silmara,
        No passado, se acreditava que um ambiente onde houvesse variação da pressão atmosférica não só seria desfavorável para o bacilo que produz a Coqueluche, como produziria um efeito sedativo na tosse. A FAB chegou a fazer inúmeros “Voos da Coqueluche”. Como não se comprovou a eficácia desses voos, caíram em desuso e hoje não são mais feitos.

  64. Boa noite, gostaria de fazer um alerta as mamaes, meu filho tem 2 meses e esta internado a 1 semana na UTI com coqueluche, ele respira somente com ajuda do respirador, esta completamente sedado se alimentando por sonda, a situacao e grave, junto desenvolveu pneumonia, por isso venho aqui dizer a voces a COQUELUCHE ESTA NA MODA, aqui no Hospital Moinhos de Vento em Porto Alegre, foram diagnosticados muitos casos, gracas a Deus todos curados! Obrigado Dr. por dividir sua experiencia conosco.

    • Prezada Marcia,
      Eu é que agradeço a sua participação no blog, compartilhando esse momento pelo qual seu filho e você estão passando. Desejo-lhe uma pronta recuperação. As grávidas e seus maridos deveriam conversar com o obstetra sobre a vacina tríplice adulto acelular (difteria, tétano e coqueluche) que, quando aplicada nos pais, contribui para a proteção do bebê.

  65. Meu filho foi diagnosticado com coqueluche, deve estar na 4ª ou 5ª semana e não sabemos de quem veio o contágio.
    Há impedimento de continuar frequentando a escola?

  66. dr minha filha foi diagnosticada faltando 1 dia para ela tomar a vacina ela tosse muito chegou ate fikar roxa devido a um cataro que sai da garganta dela nao e exatamente um cataro e uma gosma transparente parecendo uma cola ela estar com 14 dias com tussindo a tosse dela no comeco era de munito em minuto mas por agora estar prolongando mais de 2 em 2 horas ela nao pode passar perfume talco e ninguem q tenha se passado perfume pode chegar de junto dela pq ela comeca a tussir muito . No entanto eu gostaria de saber se ela ainda pode tomar essa vacina que nao tomou obg

    • Prezado Jamile,
      Como o blog não substitui uma consulta, siga as orientações do seu pediatra. Mas, uma criança que teve Coqueluche deve seguir com as vacinas porque a imunidade produzida pela doença não é duradoura. É preciso vacinar para assegurar uma proteção mais longa.

  67. Bom dia doutor como não achei um outro lugar para colocar esse poste vou colocar aki msm e peço ajuda por favor levei minha bb de 5 meses no psi por conta da coqueluche q já está controlada graças a deus e uma médica me falou assim ela tem muito pelo na região do bumbum no cogrinho e precisa tirar uma radiografia isso pode ser sério doutor ?!

    • Silmara,
      Me parece que a médica está sendo cautelosa. Algumas crianças com pêlos na região sacra podem ter um tipo de cisto por debaixo da pele. Apesar de raro, é importante fazer o diagnóstico o quanto antes, se for o caso. Sugiro que converse com ela porque é a melhor pessoa para tirar as suas dúvidas.

  68. Boa Tarde Dr.
    Minha bebe de 1 mês e 18 dias estava com uma tosse persistente que se agravavou no dia 20/11, crises isoladas varias vezes ao dia onde a mesma quase não voltava, perdia o folego. Levei a mesma no PS e receitaram prelone e nalações por 5 dias. terminado o tratamento a mesma não apresentou melhoras. Retornamos com ela no dia 26/11 onde apos examina-la e tirar um raio x deram a suspeita de coqueluche. sua saturação estava baixa 88, 89 e tivemos que interna-la. Ficamos com ela no hospital até 01/12. Foi tratada com Clavulin, Klaricid, Inalações com Berotec

  69. e predinisolona. Apresentou uma certa melhora, as crises diminuiram. Mas quando chegamos em ksa as crises aumentaram. Continuo com o clavulin e klaricid de 12 em 12. Percebi que na maioria dos tratamentos foi aplicado o Azitromicina, o klaricid tem o mesmo efeito? as tosses estão aumentando tenho muito medo deste quadro deixar sequelas futuras… ela apenas mama leite materno, sinto que ela esta muito cansada, corpo dolorido.. pois as crises deixam ela bem “amuada” isso é desesperador… quanto tempo mais para issochegar ao fim…

    • Isaura,
      Não tinha visto que seu comentário tinha uma continuidade. A Coqueluche é uma doença que os chineses chamama de “tosse dos cem dias”. Isto é, a tosse persiste por muito tempo mesmo. Mas, como o blog não substitui uma consulta, sugiro que fale com seu pediatra. Ele é a melhor pessoa para lhe orientar.

  70. Meu bebe com 45 dias de vida foi diagnosticado com coqueluche,seu tratamento foi feito com Klaricid,hoje com 63 dias de vida ele apresenta pouca tosse,porém minha duvida que eu percebo é um catarro na garganta tipo de um pigarro,a respiração durante o sono dele o peitinho dele desce e a barriguinha dele sobe,e pediatra indicou fisioterapia respiratória,esse tipo de respiração no quadro dele é normal?esse catarro é também?

    • Prezada Ivy,
      Como o blog não substitui uma consulta, recomendo que fale com o seu pediatra. A criança com Coqueluche pode demorar muito tempo para ficar completamente restabelecida. Seu pediatra é a melhor pessoa para lhe orientar.

  71. bom dia Dr Roberto, meu filho tem 02 anos e umas 03 semanas atraz começou a dar uns espiros e tossir, na segunda semana levei na pediatra e ela o examinou e disse que ele não tinha nada e que o pulmão não tinha nebhum chiado, na terceira semana a tossi começou a piorar e começou a ter falta de ar quando tossia e soltar umas gosmas e vomitar , minha sogra falou que possivelmente ele estava com tossi comprida, fui pesquisar e vi que se trata da coqueluche, os parentes aconselharam xarope de quaco , fizemos e demos e não mudou nada voltamos na pediatra e ela pediu um raio x do pulmaõ e o diagnostico do raio x é discreta opacidades intersticiais peribroquicas peri-hilares bilaterais. comunicamos a medica e ela pediu um exame de coqueluche colhido pelas vias nazais e tambem um hemograma completo, estou indo a pediatra levar o raio x e tambem pegar o resultado do hemograma , quanto ao exame da coqueluche só vai sair de hoje a oito dias eu preciso se possivel de uma orientação, pois tenho visto seu blog e senti segurança quanto ao seu conhecimento.

    • Giovanni,
      O blog é um bom meio para divulgar informação, mas, não substitui uma consulta médica. Seria irresponsabilidade minha opinar sobre seu filho, somente pelo seu relato. O que eu posso lhe dizer é que seu filho parece estar sendo bem atendido por uma pediatra que está conduzindo o diagnóstico de forma correta. Sugiro que sigam as orientações da pediatra, conversando francamente com ela sobre suas dúvidas e questionamentos.

  72. doutor, minha filha tem 10 anos e está com coqueluche, já fez o tratamento com antibiótico, e vai evoluindo de maneira satisfatória. Quero saber se existe risco de complicações pois ela é muito alérgica e faz uso do Alenia diariamente pra prevenção. Também estou com tosse a uma semana, e a 4 dias tomando o antibiótico levofloxacino,indicado no PS, disse a doutora que minha filha estava com coqueluche, mas ela não me diagnosticou com a doença. O quê eu faço?

    • Prezado Cleber,
      Como o blog não substitui uma consulta, sugiro que você procure um clínico geral de sua confiança para lhe orientar. Quanto à alergia da sua filha, em princípio não há risco aumentado de complicações. Mas, o pediatra dela é a melhor pessoa para lhe tranquilizar. Fale com ele.

  73. Boa noite Dr Roberto, minha filha tem 6 anos e foi diagnosticado a coqueluche, ela esta com todos os sintomas o pediatra q estou tratando ofereceu sigma clav e aerolin nubelis e ela ja estava tomando predisin que esta diminuindo a dose para parar Dr minha filha foi vacinada e contraiu a doença porque? Olha a tia dela esta com a tosse parecida e com sintomas parecidos e agora a minha filha com esta doença, é provável que a tia dela também esteja com a doença com 27 anos e ela tem um bebe de 10 meses e ele corre risco de contrair o que deve ser feito ?
    Minha filha nas crises não consegue respirar direito o que devo faazer neste momento e ela esta arrotando de forma razoável entre três ou quatro crises isso é normal acontecer?
    Muito obrigado parabéns, seu blog é de grande valia, já me tirou muitas duvidas e até acalmou meu coração, obrigado Dr.

    • Prezada Liliane,
      O blog é um bom meio para divulgar informações. No entanto, não substitui uma consulta médica. Por esse motivo, sugiro que a tia da sua filha converse com o pediatra dela, a respeito do que pode ser feito para proteger o bebê de 10 meses.
      A vacina contra a Coqueluche é uma ótima vacina. No entanto, não confere 100% de proteção. Por esse motivo, algumas crianças vacinadas contraem a doença. Esse parece ser o caso da sua filha. Com relação ao que descreve como crises da sua filha, sugiro que fale com o pediatra dela. Ele é a melhor pessoa para lhe orientar porque, uma vez mais, o blog não substitui uma consulta. Espero que compreenda esta limitação do blog.

  74. Muito obrigado Dr, ela já está bem melhor mas continua com um pouco de falta de ar principalmente de manhã de madrugada e ao cair da noite parece que tem hora marcada. Mas tenho fé que vai passar logo.Dr ela corre o risco de contrair esta doença novamente?

    • Liliane,
      Como a Coqueluche é uma doença que não confere imunidade (proteção) permanente, em tese é possível contraí-la novamente. No entanto, a probabilidade de que isso aconteça é baixíssima. Mas, se ficaram faltando vacinas, deve fazê-las, normalmente. Me refiro à vacina DTP (Difetria, Tétano e Pertussis).

  75. Doutor, obrigado pelo blog.
    Minha filha de 13 anos foi diagnosticada com coqueluche (pelo 9 médico, antes sugeriram, pneumonia, sinusite, refluxo), o diagnostico é difícil?
    O que nos chama a atenção, não é a tosse, que é pequena, mas o vomito que vem constante a mais de um mês, já tomou antibiótico e xaropes. Qual as recomendações para diminuir o vomito?
    Obrigado.
    Edilson.

  76. Doutor Roberto,

    Recebi o diagnóstico clínico de Coqueluche. O médico pediu exames de sangue específicos para investigar a bactéria causadora. Fiz o exame de sangue e terei a resposta em 15 dias úteis. Porém, já estou fazendo uso de CLARITROMICINA 500 MG. Pergunto: em todos os comentários que li a utilização de erotromicina foi a prescrição feita e a claritromicina terá a mesma eficácia ?
    Obrigado.
    Rogério

      • Dr Roberto,

        Muito obrigado pelos esclarecimentos e que você tenha uma Feliz Natal e 2014 Cheio de Saúde.
        Parabéns pelos serviços prestados para o Brasil ! É de profissionais assim que a Nação precisa e deve reconhecer.

  77. Olá Dr Roberto!
    Meus filhos (5 e 3 anos), após 20 dias de tosse e várias consultas médicas, uma pediatra diagnosticou coqueluche, porém não foi confirmado este diagnóstico por exames específicos. Mesmo já estando na fase das tosses espasmódicas, utilizamos antibióticos (azitromicina e claritromicina). Minha dúvida é a seguinte: podem ainda ter tosse após o uso correto dos antibióticos? Noto que a intensidade e frequência da tosse diminuíram muito, porém ainda tossem, apresentam secreção clara (como uma clara de ovo) no final da tosse, onde quase sempre vomitam, e isso ocorre quase sempre a noite….

    • Prezada Cristiane,
      A Coqueluche é conhecida pelos chineses como “a tosse dos 100 dias”. Mesmo após o tratamento, a tosse persiste por até 10 ou mais semanas (diminuindo progressivamente). Portanto a resposta à sua dúvida é que sim, a tosse prolongada após o uso de antibióticos é esperada nos casos de Coqueluche.

  78. Ei Dr Roberto sou Solange, São Roque do Canaã- ES meu filho tem 2 anos e três meses ele esta com uma tosse a mais de 1 mês, já levei ele em 4 pediatras só que eles sempre falam a mesma coisa. Aí eles tacam antibióticos e com isso meu bebê fica com a imunidade baixa, minha mãe desde o inicio ele fala que coqueluche o que eu faço?
    Desde já agradeço.

    • Prezada Solange,
      Como o blog não substitui uma consulta médica, seria irresponsabilidade minha opinar sobre o seu filho. O que eu posso lhe dizer é que uma tosse que perdura por mais de um mês merece investigação e acompanhamento. O ideal seria que seu filho fosse examinado por um pneumologista pediátrico. Não sei se existe algum em São Roque do Canaã ou em alguma cidade próxima. Não tendo pneumologista pediátrico, sugiro que eleja o pediatra em quem mais confiou e retorne a ele para uma conversa franca, expondo suas dúvidas e pedindo orientação. Alguns diagnósticos levam um tempo para serem feitos e mudar de pediatra não permite ao médico ver a evolução do caso. Por isso estou recomendando que escolha um pediatra e siga com ele.

  79. Bom dia! Bom dia o meu filhinho de apenas 15 dias esta com coqueluche, as crises dele não horriveis e a falta de ar tambem, ele nesse momento esta internado a 8 dias tomando antibiotico, mas o pediatra disse que ele vai pra casa com a bacteria ainda que ela so vai morrer com um tempo e que a tosse dele só vai passar com 5 meses, isso é verdade meu filho ainda vai ficar nesse sofrimento por 5 meses? Eu estava lendo uma materia sobre a doenca e os pediatras falta que os antibiotico simplis que eles dai no hospital publico não mata a bacteria que somente mata a bacteria sao uns antibiotico mais reforcados ou mais forte não me lembro muito bem, estava pensando em quando sair daqui levar ele pro hospital das clinicas, sera que seria necessario?

    • Prezada Daniela,
      A tosse da Coqueluche persiste por umas 10 semanas, diminuindo gradativamente.Isso é o esperado diante de um quadro de Coqueluche. O antibiótico usado para a Coqueluche é um que não tem nada de especial e pode ser encontrado tanto nos hospitais públicos, quanto particulares. Aliás, muito hospital público está mais bem preparado para o atendimento de crianças do que algumas clínicas particulares. Não há necessidade de recorrer a outro antibiótico, “mais forte”, para o tratamento da Coqueluche.

  80. bom dia DR. meu nome é SILVIA moro em APARECIDA DE GOIANIA GO tenho 30 anos, dia 7 de setembro de 2013 eu fiquei gripada, mais não foi uma gripe comum, já vai fazer 4 meses e eu não fiquei boa. tomei vários tipos de antibióticos fiquei internada varias vezes eu já não sei o que fazer quem procurar , estou com tosse com secreção que sai pela boca o dia inteiro e piora a noite, já não consigo mais nem trabalhar, pelo amor de DEUS me ajude.

    • Prezada Silvia,
      Como o blog não substitui uma consulta, sugiro que procure um pneumologista. Uma tosse que perdura por 4 meses merece ser investigada. Seria irresponsabilidade minha opinar sobre o seu caso, sem tê-la examinado. Além do mais, sou pediatra e a clínica do adulto tem algumas particularidades com as quais eu não tenho familiaridade. Espero que compreenda esta limitação do blog.

      • Dr Roberto boa tarde..
        Minha bb pegou coqueluche com 40 dias fizemos todo o tratamento com ela nas duas internações e depois de um mês e pouco a tosse estava bem mais fraca quase nao dando mais crises. . Porem agora no dia 03 dei a primeira dose da vacina e um dia depois as crises de tosse voltaram.. Não tao fortes.. mas voltaram.. a vacina pode ter causado esta mudança ? ?

      • Prezada Isaura,
        Não creio que a vacina em si tenha feito sua bebê tossir mais. Existem algumas outras razões, não necessariamente graves, que podem ter contribuído para a mudança do padrão da tosse. Caso você esteja em dúvida ou persista essa mudança, sugiro que procure seu pediatra. Ele é a melhor pessoa para lhe orientar.

      • Oi dr. Meu bb tem 2 meses e há 20 dias está tossindo bastante, foi feito rx,hemograma e pcr o médico disse q é pneumonia começou a medicação com eritromicina há 5 dias mas quando levei para reavaliar viu ele tossindo e disse q é coqueluche continuou o tratamento com eritromicna e pediu rx e hemograma mas leucócitos diminuíram pouco para os dias do tratamento de 22900 para 21300 seria bom ele ficar internado? Tenho medo quando ele tosse ter alguma complicação o q devo fazer?

      • Prezada Nara,
        Como o blog não substitui uma consulta, seria irresponsabilidade minha opinar sobre o seu bebê. Em tese, sem falar do seu bebê, o tratamento da Coqueluche pode (e deve) ser feito em casa. Somente os casos muito graves, precisam de internação. É preciso lembrar que o hospital é um ambiente com muitas bactérias, algumas resistentes a antibióticos. Por isso, uma internação só deve ser indicada quando houver uma real necessidade. Recomendo que siga a orientação do pediatra e o mantenha informado quanto à evolução.

  81. Dr. Minha filha de 5 anos de idade foi diagnosticada com coqueluche apesar de estar com as vacinas em dia. Desde agosto de 2013 ela tosse muito. Foi medicada com Claritromicina e Aerolin sendo que continua com o aerolin para que não haja crise de tosse muito forte. O pediatra dela disse que é comum a criança ainda ficar com uma tosse residual e que eu devo continuar a ministrar o aerolin até sumir a tosse ou sempre que eu perceber que ela está tossindo ou chiando. Percebi que durante a madrugada ela tosse uma só vez , mas ainda tosse forte. O pediatra disse que quer vê-la por um ano de 2 em 2 meses. Ainda estou preocupada apesar de ela estar se alimentando bem e muito ativa. É assim mesmo Dr?

    • Prezada Vanuza,
      Como o blog não substitui uma consulta, recomendo que siga a orientação do seu médico. O que posso lhe dizer é que a tosse da Coqueluche persiste por um longo período, tanto que é chamada, pelos chineses, de “tosse dos cem dias”. Seu pediatra se mostrou cuidadoso e disponível ao pedir para revê-la periodicamente. Mantenha este vínculo.

  82. ola, Dr. Estou com tosse ha 25 dias…Depoiis de passar por 09 médicos, um pneumo levantou a hipótese de coqueluche. Tive mtos diagnósticos, como pneumonite, pleurite, virose, e etc. Prescreveram azitromicina, levofloxacino, prednisona, tylex, tandrilax, antux, e mtos outros medicamentos. Fui encaminhada para uma infectologista.Já fiz o pcr, mas o resultado ainda não saiu. Ela preferiu passar eritromicina, mesmo assim. Meu marido começou com a tosse ha aguns dias e ja está tomando eritro, mas está fazendo mto mal pra o estomago. Vai passar?

    • Prezada Glenda,
      Além do blog não substituir uma consulta, sou pediatra e não tenho familiaridade com as particularidades dos adultos! Na minha opinião, quem tem muitos médicos, pode ficar confuso. Minha sugestão é que eleja um clínico geral para conduzir o seu caso. Compartilhe com ele a decisão de quais especialistas procurar e deixe que ele (o clínico) coordene essas várias visitas.

  83. Bom dia,Dr Roberto!
    Minha mãe tem 40 anos e há quase um mês ela está com uma tosse seca e persistente,lembro que no começo, ela dizia que era uma crise de garganta, pois estava com a garganta dolorida e com sensação de febre, depois observou que o pescoço estava inchado, mesmo assim não procurou nem um médico, mas há duas semanas ela tem piorado durante a madrugada, sempre no mesmo horário ela acorda tossindo, fazendo um barulho estranho e engasgada, chegando a vomitar, as vezes raios de sangue. Foi duas vezes para emergência e segundo os médicos parece alergia, receitaram xaropes e antialérgico, durante o dia até que diminuiu a tosse, mas durante a noite é sempre a mesma situação. Hoje pesquisando na internet, encontrei algo falando sobre a coqueluche e estou achando os sintomas dela parecido, encontrei também seu blog e quero pedir sua opinião, uma orientação, de como proceder. Desde já agradeço!

    • Prezada Barbara,
      Como o blog não substitui uma consulta,além do fato de eu ser pediatra e não conhecer particularidades de adultos, sugiro que sua mãe procure um clínico que possa acompanhá-la, para fazer um diagnóstico. O atendimento na emergência não é o ideal porque sua mãe será vista por médicos diferentes que não terão uma ideia da sua evolução. Minha recomendação é que leve a sua mãe a um clínico geral.

  84. Dr Cooper, estou grávida de 19 semanas e por isso ainda não tomei a vacina DTPA e pretendo fazê-lo nas próximas semanas. Tive contato com uma pessoa cuja esposa foi diagnosticada com coqueluche, ele no entanto não teve nenhum sintoma até o momento. Meu contato com ele foi há cerca de 14 dias e tenho sentido há alguns dias um aumento de catarro na garganta, mas sem tosse, febre ou qualquer outro sintoma. Devo me preocupar com este quadro? Haveria algum problema para meu bebê se realmente fosse coqueluche? Também fiquei na dúvida se posso tomar a vacina DTPA mesmo diante deste cenário. Obrigada.

    • Prezada Ana Paula,
      Sugiro que converse com a sua obstetra para que ela lhe oriente. Quanto à vacina, ela é segura e eficaz e você deve tomá-la. A vacina pode ser administrada em qualquer período da gravidez, mas, aparenta ser mais eficas para o bebê, quando tomada entre 27 e 36 semanas de gestação, segundo o CDC de Atlanta (órgão americano que controla doenças infecciosas).

  85. Ola, Dr. Tive diagnóstico de coqueluche, fui tratada com eritro, terminei o tratamento há 05 dias! Ainda com tosse. Minha mãe começou a tossir (minha doença demorou para ser diagnosticada, e ela cuidou de mim) e agora qla começou a tossir. Posso cuidar dela tranquilamente, sem pensar em uma nova transmissão, né? Obrigada

  86. Boa tarde, doutor. Não fomos orientados quanto a tomar vacina contra coqueluche após a 20ª semana de gravidez ou após o parto. Podemos nos vacinar agora que o bebê já nasceu e que minha mulher está dando de mamar? Desculpe as preguntas seguidas, mas é que a gente vai descobrindo as coisas aos poucos, por exemplo, eu achava que nem existia mais coqueluche e não fazia ideia que adultos pegavam a doença ou podiam se vacinar. Obrigado.

  87. Dr. Roberto, minha filha tem 6 anos. Faz exatamente 20 dias que ela não para de tossir. Na primeira semana parecia um resfriado, fui ao médico e disse que era alergia, passou um xarope antitussígeno e um antialérgico, Na segunda semana, ainda com tosse, não conseguia ficar 5 minutus sem tossir, teve febre e a garganta ficou infeccionada, o médico passou azitromicina. A garganta ficou boa, mas a tosse não passou, Fui no alergista, tirou RX da face e do pulmão, tudo normal. Passou Desalex, Predisin (5 dias) e Avamys. Estamos na terceira semana, já tomou o medicamento e não fez nenhum efeito. Agora, ela consegue ficar 1 hora sem tossir, porém quando começa é uma crise tão forte que ela fica sem ar, às vezes vomita. Tem um pouco de secreção clara, também no nariz. A noite é pior, acho que ela fica sufocada. A tosse é seguida de um barulhinho estranho, parece um arroto interno. Ainda a pouco me assustei, parecia que ela estava tendo uma parada respiratória de tanto tossir!
    Não sei que médico procurar! O raio X não acusa coqueluche? Qual o exame recomendado para o diagnóstico? Se fosse alergia…..porque só agora? Ela teve refluxo quando bebê, este pode voltar ou afetar a tosse?
    Me ajude…..não sei onde levar minha filha….estou desesperada…….

    • Prezada Sabina,
      Como o blog não substitui uma consulta, seria irresponsabilidade minha opinar sobre a sua filha. Sugiro que você a leve ao seu pediatra. Caso não tenha um, procure um em quem confia. Ficar mudando de médico só vai fazer aumentar a sua insegurança. O hemograma e raios X podem dar indícios indiretos que, associados à clínica, podem fazer o diagnóstico de Coqueluche. A sua filha já tomou ou remédio indicado para Coqueluche- Azitromicina. A tosse da Coqueluche dura muito tempo. Por esse motivo, é chamadas, pelos chineses, de “tosse dos 100 dias”. Dito isso, recomendo que procure o seu pediatra para que ele lhe oriente e tranquilize.

  88. DR estou muito preocupada, pois estou com uma tosse a mais de 2 semanas, mas estava gripada desde o começo do mes de hj …fui ao posto,porém o médico me passou AMOXILINA E HISTAMIM porém não resolveu nada a tosse ela vem derepente ,chego a me engasgar e falta o folego e me da ancia de vomito,muitas vezes eu vomito…fui ao médico ele falou que é pneomonia ele me passou um remédio LEVOFLOXACINO….e me pediu um hemograma completo, fiz o exame e levei p outro médico ver, pois era plantão, e o médico me disse que não era pneomonia e sim coqueluche….estou confusa e com medo me ajuda por favor! aguando resposta!

    • Prezada Rosana,
      Como o blog não substitui uma consulta, seria irresponsabilidade minha opinar sobre o seu caso. Por outro lado, seu depoimento confirma algo sobre o qual eu já escrevi no blog: a importância de se ter um médico. Quem consulta vários médicos, tende a ficar confuso, perdido. Sugiro que escolha um médico em quem confie e converse com ele. Certamente ele vai poder lhe orientar e tranquilizar.

  89. Doutor, meu filho de 4 anos entrou na quarta semana de tosse e vômitos, quando ele estava na terceira semana levei ao médico plantonista que pediu raio x do tórax e da face, já que ele tem quadro de bronquite, segundo ele meu filho esta com sinusite e por esta razão receitou amoxilina por 10 dias e prednisolona, porém tenho mais um filho de 2 anos e meio que esta com o mesmo quadro de quando o mais velho começou, estou preocupada por que vejo essas piorando e muito compridas ao pesquisar li muito sobre a coqueluche o que se identificou muito, devo levá-lo ao pediatra novamente já falando da minha suspeita? outra pergunta a amoxilicina ajuda ou só a erotromicina?

    • Prezada Cristiane,
      Como o blog não substitui uma consulta e você está em dúvida, sugiro que leve seu filho ao pediatra. Não o leve para uma emergência onde um plantonista que não o conhece o verá pela primeira vez. Leve no seu pediatra de confiança.
      Amoxicilina não está indicada nos casos de Coqueluche. A escolha deve recair sobre uma família de antibióticos chamada de Macrolídeos, dos quais a Eritromicina é uma das opções.

  90. Dr. minha filha está com coqueluche e tem horas que ela engasga e demora a voltar a respirar, chegando a ficar até com os lábios rocho. Nessas horas queria saber se ha um procedimento a fazer para que ela volte logo?
    Estamos muito aflitos com essas crises.

    • Prezado Daniel,
      Sugiro que converse com o seu pediatra. Ele é a melhor pessoa para lhes orientar porque conhece a sua filha e já avaliou o caso dela. Comentar sobre uma criança que eu não conheço ou não examinei seria irresponsabilidade. Mas, falando em tese, sem ser especificamente sobre a sua filha, a tosse da Coqueluche, frequentemente, deixa as crianças com falta de ar, no final do acesso. No entanto, não há maiores riscos, nem manobras especiais que devam ou possam ser feitas. É muito importante que os pais e os adultos próximos da criança mantenham a tranquilidade e simplesmente ofereçam suporte e conforto, conversando com calma ou abraçando-a. Quanto mais ansiedade os pais demonstrarem, mais a criança se sentirá insegura.

  91. Olá dr, meu filho tem 2 meses e ta com coqueluche, passou 4 dias internado, e como não esta com nenhuma complicação mais grave, veio pra casa, ele só ta com muita tosse. Sempre vem com intervalo de uma hora. Tem horas que muito forte. Ele fica sem ar, ficava roxinho, agora ta um pouco melhor. Tem uma semana que ele ta com essa tosse. Ela demora muito pra melhorar??? To muito preocupada, tenho medo dele ficar sem ar, engasgar. E eu não sei o que fazer.

    • Prezada Adelayne,
      A tosse da Coqueluche demora muito tempo para passar. Por esse motivo, os chineses a chamam de “tosse dos cem dias”. Como o blog não substitui uma consulta e você está preocupada com a sua filha, sugiro que a leve ao pediatra, para uma revisão. O pediatra é a melhor pessoa para lhe orientar e tranquilizar.

      • Adelayne,
        Como o blog não substitui uma consulta, recomendo que procure o seu pediatra para que ele possa examinar seu filho e lhe orientar adequadamente. Seria irresponsabilidade minha opinar sobre o seu filho, sem examiná-lo. Espero que compreenda esta limitação do blog.

  92. Dr. Boa noite..

    postei anteriormente o relato de minha bebe, a mesma teve coqueluche com 40 dias de vida ( em 20/11/13). Ficou internada fez uso do klaricid e rosefin.. Após sua alta medica em 13/12/13.. continuou com as crises de tosse por mais uns 10 dias.. mas bem mais fracas e em um intervalo de tempo bem maior.. no inicio de janeiro quase não tossia mais, e agora no penúltimo domingo 26/01/14 a tosse começou a voltar. . Fraca.. e agora mais forte como na primeira fase.. levei ela ao pediatra ele me informou que não seria possível coqueluche ter voltado.. que era para observarmos, pois poderia ser refluxo, mesmo sem ela vomitar. . Na verdade ela sempre mamou muito bem e não tem o hábito de gorfar.. na verdade quase raro.. hj tive que leva – lá ao PS pois a tosse estava muito intensa e com muita secreção no final da crise, quando esta quase parando de tossir, no raio x não deu nada , esta com os pulmões limpos e a medica tb deu um diagnóstico de possível refluxo. . Pediu para observarmos e receitou inalações com berotec e prednisolona… a dúvida crucial é se essa tosse é da coqueluche que voltou naquela fase conhecida como paroxistica?!? Muito aflita com tudo isso…

    *** Parabéns pelo blog.. conseguimos tirar muitas dúvidas! ! !

    • Prezada Isaura,
      Em princípio, a Coqueluche não se manifesta uma segunda vez em um intervalo de tempo tão curto. O fato de uma criança ter tido Coquelucuhe não garante que não venha a ter uma simples virose que produza tosse. Como o blog não substitui uma consulta, sugiro que consulte o pediatra de sua confiança para que ele lhe oriente. Evite ouvir vários pediatras porque vai ficar mais confusa.

  93. Parabens pelo blog Dr., em um exame hemograma qual é o indicio para saber do diagnostico de coqueluche? Clavulin Bd faz parte da familia dos macrolideos? Obg!

    • Monica,
      O Clavulin BD não faz parte da família dos macrolídeos. Quanto ao hemograma, como se trata de um exame complementar, sua análise somente deve ser feita correlacionando o resultado com o quadro clínico. Sugiro que pergunte ao seu pediatra se o resultado do hemograma, correlacionando com a clínica, sugere uma Coqueluche.

  94. MEU FILHO TEM 6 ANOS,COMEÇOU COMO SE FOSSE UMA TOSSE ALÉRGICA,LEVEI AO MÉDICO FOI MEDICADO COM ALEGRA,PREDSIN ,ANTUX E AEROSOL.MAS A TOSSE CONTINUOU INTENSSA MAIS A NOITE SEGUIDO COM VÔMITO E UM CHIADO COMO ESTIVESSE ENGASGADO,FUI NOVAMENTE A EMERGÊNCIA DE HOSPITAL DO SEU PLANO E FOI FEITO RX DA FACE,A MÉDICA DISSE QUE ERA SINUZITE E PASSOU AMOXILINA.NADA ADIANTOU FUI NOVAMENTE A EMERGÊNCIA E TINHA SURGIDO UMA MANCHA VERMELHA NO OLHO DE TANTO TOSSI,ENTÃO TOMOU MEDICAMENTO NO HOSPITAL,MAS APÓS 48HS RETORNEI AO HOSPITAL E PEDI PARA MÉDICA SOLICITAR HEMOGRAMA E RX PULMÃO E RX EM SEGUIDA PAGUEI UMA CONSULTA PARTICULAR COM A SUA ANTIGA PEDIATRA E ELA DISSE QUE ERA COQUELUCHE.ELE ESTA FAZENDO TRATAMENTO…

  95. Bom dia, meu filho tem 2 anos e foi diagnosticado com coqueluche, vários casos na escola dele. Foi medicado com azitromicina (eu e meu marido tb) ele já está com tosse há bastante tempo (mais de um mes) mas tosse pouco. É verdade que existe casos mais brandos em crianças vacinadas ou a tosse tende a piorar? Grata.

    • Prezada Renata,
      A Coqueluche é chamada, pelos chineses, da “tosse dos cem dias”. Portanto, é esperado que as crianças como Coqueluche, mesmo tratadas, tenham tosse por um longo período. Em geral, quando a criança é vacinada, a Coqueluche tende a ser mais branda. Mas, demora um longo período de tempo, até que a tosse desapareça.

  96. Oi Dr. Meu bb começou a tosse com 2 meses de vida, já fez o tratamento com eritromicina e nebulizações com clenil e aerolin, e antux, a 3 semanas o médico o examinou e suspendeu toda a medicação pq as tosses diminuiram e o pulmão estava limpo, achei q essa semana as tosses aumetaram durante o sono chegando a faixa de dez crises durante 24 hs a maioria das vezes com falta de ar é normal nesse estágio da doença? Hoje ele está com 3 meses e 10 dias. Voltar com as nebulizações pode melhorar? E até quando a tosse permanece com falta de ar? E ainda sai um pouco de secreção quando tosse.
    Desde já obrigado . Adorei o seu blog!!!

    • Prezada Nara,
      Como o blog não substitui uma consulta, seria irresponsabilidade minha opinar sobre o seu bebê. Espero que compreenda esta limitação do blog. Seria bom seu bebê ser acompanhado pelo pediatra para que visse a evolução e lhe tranquilizasse. A tosse da Coqueluche persiste por um longo período, sendo, por isso, chamada pelos chineses de “tosse dos cem dias”.

  97. Boa noite Dr. Roberto gostaria de saber se é normal da doença a tosse ficar mais forte e em mais vezes principalmente durante o sono, sendo q meu bb já está na 6º semana que começou a tossir.
    Obrigado

  98. Dr. Crianças com coqueluche podem entrar em piscina? Vento, piscina, gelado, podem piorar ou estender o quadro?
    Eu já estou com 2 meses e meio, e minha filha de 3,7 anos, tossindo a um mes, mes e meio..

    • Prezada Camila,
      Uma criança com Coqueluche que foi tratada por cinco dias com o antibiótico adequado, não é mais transmissora da doença e poderá levar uma vida “normal”. Claro que, respeitando tanto o conforto da criança, quanto o das pessoas em torno (cinemas, teatro etc.). Como o blog não substitui uma consulta, recomendo que pergunte ao seu pediatra. Ele é a melhor pessoa para lhe orientar com relação à sua filha.

  99. Bom dia dr. Roberto
    Minha neta Alice , (6mese) está c conqueluce, comprovado através de exames . Li em um site q levar a cça p fazer um vôo. seria a solução p acabar c os vírus. e q os pilotos do Campo de Marte já estão acostumados a serem procurados p fazerem esse tipo de vôo.
    .Isto ptocede? É verdade q a altitude mata os vírus da coqueluche? Por favor me responda c urgência . Deus o abençoe

    • Prezada Luiza,
      No passado se acreditava que a mudança de pressão contribua para reduzir a tosse. A prática de realizar “voos da Coqueluche” caiu em desuso. Os voos não matam a bactéria que causa a Coqueluche. Prepare-se para um longo período de tosse da sua neta. Mesmo tratada, a tosse persiste por 10 a 12 semanas.

  100. Dr. meu filho de 3 aninhos esteve em contato com uma criança que estava com coqueluche, alguns dias depois ele começou a tossir, levei no postinho do bairro e o enfermeiro disse que como ele tinha as vacinas em dia não corria risco de ter pego a doença, porém a tosse continuou, sem nenhum outro sintoma, só a tosse, ai levei na pediatra, contei do risco e ela descartou dizendo ser uma virose, porém medicou com claritromicina e celergin, ele tomou durante 1 semana mais a tosse continuou e levei em outro pediatra que diagnosticou com traqueíte, porém continuou mais 1 semana com a claritromicina, predsinolona e percof, mais os sintomas são de coqueluche e a tosse só piora, estou dando alguns chás e xaropes caseiro para acalmar a tosse mais ele tosse até vomitar, não sei mais o que fazer. Porém a tosse sempre foi seca e agora começou a sair secreção do nariz, eu limpo com sorine e ele expele catarro, é normal??? quer dizer que está melhorando a expectoração de secreção???todos os pediatras dizem que o pulmão está limpinho, de onde vem essa secreção então????

    • Prezada Mayara,
      Como o blog não substitui uma consulta médica, seria irresponsabilidade minha opinar sobre o seu filho. A informação de que uma criança vacinada não pode contrair a Coqueluche não é correta. A vacina é muito boa, mas não garante 100% de proteção. Pelo seu relato, foi em mais de um pediatra, o que pode confundi-la mais ainda. Sugiro que escolha um pediatra em quem confia e leve seu filho para ser avaliado ou reavaliado. Mesmo não melhorando, não pude de pediatra (desde que confie nele) porque, muitas vezes, é preciso acompanhar a evolução e resposta aos medicamentos, para se chegar a um diagnóstico.

  101. DR. MEU FILHO CONTINUA COM TOSSE E VÔMITO JÁ COM 40 DIAS E ESTA TOMANDO KLARICID,MONTILIUM E SORO COM AEROLIN MAS ESTOU COM MEDO POR QUE TODA VEZ QUE TOSSE ELE VOMITA E SEU OLHO TEVE UM DERRAME DEVIDO A TOSSE MAS SINTO QUE ESTA MELHOR.QUANTOS DIAS AINDA VOU FICAR TENSO COM OS VÔMITOS DO MEU FILHO…OBG PELO BLOG QUE NOS AJUDAR A CONHECER UMA DOENÇA QUÊ MALTRATA TODA FAMÍLIA!

  102. Ontem levei novamente ao pediatra, porém fiz raio x e exame de sangue por minha conta, sem o pediatra pedir e ele mudou toda a medicação dizendo ser refluxo, pois os glóbulos brancos dele não constou nem alergia e nem coqueluche. Agora vamos ver se a medicação que ele passou que foi clemil para inalação e seki vai melhorar o quadro do meu filho e tbm passou bromoprida e pediu pra colocar em travesseiro mais alto. Agora só esperar para ver se tem resultado.

  103. Olá, Dr!
    Estou impressionada com a quantidade de casos de coqueluche. Tenho dois filhos, um de 3 anos e outro de 5 meses, e ambos contraíram a doença. Rodamos vários hospitais e conversamos muito com o pediatra deles quando suspeitamos da doença, mas NENHUM, nos deu crédito. Todos disseram que tratava-se de uma doença praticamente erradicada e que crianças vacinadas não pegam. Falaram em sinusite, gripe, alergia… Mas nenhum diagnosticou coqueluche. Depois de uns 15 dias de sofrimento, principalmente com meu bebê de 5 meses, fui a um PS e implorei para a realização de um exame específico. O exame foi feito e confirmado. Ambos tomaram antibióticos por 10 dias ( Claritromicina 2x ao dia para minha filha de 3 anos e Azitromicina 1x ao dia para meu bebê de 5 meses ). Já terminaram o antibiótico há 11 dias, mas a tosse não cedeu. Parece ter piorado. Diante disso, em tese, eu gostaria de saber se é normal a tosse regredir e depois voltar com a mesma intensidade e características de antes. Já estamos há 1 mês nessa lida. Por quanto tempos mais a tosse costuma-se alongar? Visto que meu bebê tomou 10 dias de antibiótico, teoricamente ainda é possível ter as complicações que o sr descreveu ou ele já está fora de risco? Parabéns pelo blog. Esclareceu muito mais do que muitas consultas pelas quais passamos.

    • Prezada Camila,
      A Coqueluche está longe de ter sido erradicada. Pelo contrário, o número de casos documentados e notificados, aumenta. A vacina, excelente, não protege 100%. Portanto, uma criança vacinada poderá contrair a doença. A tosse da Coqueluche persiste por muito tempo. Por esse motivo, os chineses a chamam de “tosse dos cem dias”. Portanto, o esperado em um caso de Coqueluche é que a criança apresente tosse por 10 a 12 semanas, mesmo tendo tomado os antibióticos adequados. Quanto às complicações, à medida que o tempo vai passando, diminuem as probabilidades. No entanto, é importante não considerar como algo impossível. Por isso, uma visita periódica ao pediatra, na fase de convalescença, é sempre uma boa idéia.

  104. Minhas duas sobrinhas uma de 3e a outra 4 meses estao com coqueluche e minha bebe tem 3 meses fiz os exames deu que ela não contraiu a doença mais mesmo assim a medica passou antibióticos e nebolisacao para ela tomar e para eu e meu esposo sera que devemos tomar ?????

    • Prezada Lucelia,
      Como o blog não substitui uma consulta, seria irresponsabilidade minha opinar sobre a prescrição feita para sua família. No entanto, de modo genérico, sem falar da sua família, a prescrição de antibióticos específicos para as pessoas que tiveram contato com casos de Coqueluche é correta. É uma forma de prevenir a transmissão continuada da doença.

  105. Olá Dr., minha filha tem dois anos e está a um mês com muita tosse. No início, os médicos acharam que era tosse alérgica… Ela chegou a tomar allegra, celestamine, carbocisteína e por último foi medicada com amoxilina. O pediatra pediu um hemograma e detectou que o exame era compatível com coqueluche, mas só um exame específico poderia dar certeza. Fomos na rede pública, pois somente lá este exame pode ser feito (não sei se é assim nas demais cidades) e eles falaram que como ela já está tomando o antibiótico, o resultado seria um “falso” negativo. Estou muito preocupada pois ela não está comendo direito. Ela tomou todas as vacinas e tomou antibiótico por 10 dias. Quais as complicações que ela ainda pode ter? Ela ainda pode transmitir a doença? O antibiotico amoxilina funciona no caso de coqueluche. O médico pediu para ficar em observação e hidratar bastante, mas estou muito preocupada. Muito obrigada

    • Prezada Simoni,
      A Coqueluche é uma doença onde a tosse persiste por muito tempo (10 a 12 semanas). A vacina contra a Coqueluche é uma ótima vacina, no entanto, não protege em 100% das pessoas que a tomaram. A Amoxicilina não faz parte dos antibióticos de primeira linha recomendados nos casos de Coqueluche. No entanto, o antibiótico tem mais a função de reduzir a transmissão da doença do que “tratar” a pessoa.

    • Prezada Juliete,
      Na prática, se utiliza o hemograma associado ao quadro clínico. O exame absolutamente certo é a cultura de um aspirado nasofaríngeo. São tantos os cuidados necessários na coleta e cultura que, na prática, fica inviável se fazer esse exame. Também existe um exame do aspirado nasofaríngeo chamado PCR, também complexo. Além do hemograma, se pode pedir uma sorologia (IgG e IgM) para Pertussis (Coqueluche). Mas, na prática , a maioria dos médicos fará o diagnóstico só pelo quadro clínico e, eventualmente, associará um hemograma. Alguns médicos poderão pedir um RX de Tórax porque pode aparecer uma imagem que é considerada como de forte suspeita de Coqueluche.

  106. MEU FILHO FINALMENTE FICOU BOM DA COQUELUCHE,APÓS TOMAR KLARICID,MONTILIUM,E SORO COM AEROLIN.MAS O LAMBEDOR DE URUCU FOI PRIMORDIAL PARA ACABAR COM A TOSSE TERRÍVEL QUE TANTO INCOMODAVA,PRINCIPALMENTE NO PERÍODO DA NOITE.OBG PELO BLOG FOI FUNDAMENTAL PARA TIRAR AS DÚVIDAS DESSA DOENÇA TERRÍVEL …QUE O SENHOR LHE PROTEJAR DR ROBERTO

  107. doutor meu filho tem 2 meses foi diagnosticado coqueluche..ele já foi internado e já tomou os remédios e passou pelo todos os sintomas .. e continuou com a cianose demorou a passar a cianose …o pediatra desconfiou que tbm havia refluxo e medicou para tratar do refluxo …logo em seguida que parou a cianose teve alta …so que as vezes quando ele tosse esta perdendo o ar do nada , e ate msm dormindo ele acaba tendo a perda de ar ..gostaria de saber se isto e o sintomas da coqueluche ..e oque devo fazer nesse momento ..estou ficando sem chão com tudo isso

    • Prezada Aninha,
      Coqueluche em bebês exige um acompanhamento regular pelo pediatra, mesmo depois da alta. A tosse persiste por muitas semanas (10 a 12) e o bebê, durante as crises, pode perder o fôlego. Como o blog não substitui uma consulta, recomendo que fale com seu pediatra. Evite ouvir muitas opiniões e se fixe na orientação do seu médico, em quem você deve confiar.

  108. Bom dia Dr. estou aliviado porque me encontrava em desespero pois meu filho com 2 meses contraiu a bactéria da coqueluche , mas através dos depoimento e das suas respostas eu me encontro mais tranquilo , Deus abençoe a sua vida ricamente se todos profissionais da medicina agissem assim nos teríamos um Brasil bem melhor , vou orar pela sua vida e que Deus continue usando seu profissionalismo para ajudar o próximo pois e dando que se recebe estou muito grato continue com esse trabalho que Deus te abençoará muito fica com Deus.

    • Prezado Ivo,
      Obrigado por suas palavras gentis e preces. Acredito que todos nós temos uma parcela de responsabilidade no que diz respeito à qualidade dos serviços que recembos, incluindo a medicina. Devemos participar mais, nos interessarmos um pouco, doarmos parte do nosso tempo, para cobrar serviços de saúde melhores. O SUS é um espetáculo, como conceito e precisa que a sociedade se mobilize para que funcione. Mas, o que desejamos, um bom plano de saúde. Não deveríamos querer isso e sim um SUS que funcione como foi concebido. Se fossemos ingleses ou canadenses, essa conversa nem existiria. Lá o sistema é público, para todos e funciona!

  109. Olá Dr.
    Minha pequena de 2 anos e meio está com tosse forte e seca seguindo de ânsia de vômito e algumas vezes chegando a gorfar, o pediatra receito o anti-alérgico Decongex Plus Xarope, o que o Sr. me diz a respeito deste remédio, pois sempre usei ele pra várias outras situações prescritas pelo médico.
    Parabéns pela página.

    • Prezada Michele,
      Obrigado por participar do blog. Como o blog não substitui uma consulta médica, seria irresponsabilidade minha comentar uma prescrição sem ter examinado a criança. De modo genérico, não especificamente falando da sua filha, as medicações para tosse são, infelizmente, pouco eficientes em crianças. Alguns pediatras prescrevem anti-alérgico, outros, antitussígenos, outros, expectorantes. O fato é que nas tosses de origem viral, inespecífica (resfriados comuns), quase nada funciona! Nos casos onde uma causa pode ser diagnosticada (asma, bronquite, alergias respiratórias, pneumonias), o tratamento deve ser dirigido para a causa. À medida que a causa vai sendo tratada, a tosse tende a diminuir, lembrando que é o sintoma que leva mais tempo para desaparecer.

  110. olá Dr.Roberto, estou muito aflita,pois meu bebe de 2 anos e meio está com muita tosse ou melhor essa tosse é a todo momento e algumas vezes ela vomita e aí acontece a melhora momentanea, levei a bb ao pediatra e ela passou ibuprufeno e predissin, mas parece q nao teve melhora,entao estou achando que poderia ser a tal coqueluxe oq mais posso fazer para ter certeza ja q marcar pediatra nao é facil . Agradeço desde já

    • Prezada Rosineide,
      O diagnóstico de Coqueluche é, essencialmente, clínico. Isto é, o pediatra, ao ouvir a tosse, desconfia. A tosse da Coqueluche é bem característica. O hemograma não é um exame específico, mas, pode ajudar.

  111. Boa noite!!
    Doutor,meu filho tem 4 anos e esta com tosse seguida de anciã,ele teve contado com uma amiguinha durante as duas ultimas semana ,e ela foi diagnosticada na semana passada com coqueluche,levei ele no pediatra que disse q ñ acredita ser pois ele esta com as vacinas em dia,mas estou preocupada,ele receitou sigma-clavBD,E UM ANT´-ALERGICO,DEVO ME PREOCUPAR??
    Ah,meu marido esta com tosse,e sintomas de gripe,será q tem a ver com isso??
    Desde já agradeço pela ajuda.

    • Prezada Karina,
      Como o blog não substitui uma consulta, seria irresponsabilidade opinar sobre o seu filho. Uma criança vacinada pode contrair a Coqueluche porque a vacina não confere 100% de proteção. Mas, uma criança exposta a um adulto com uma virose (resfriado), também pode contrair a mesma virose. Recomendo que converse com seu pediatra porque ele é a melhor pessoa para lhe orientar.

  112. dr roberto durante as crises de tosse a criança perde o folego e fica sem ar,o que fazer para a criança voltar a ter o ar novamente,e se demorar a criança a voltar se possível ter uma parada cardiorespiratória e se aquela baba é normal sair e se tem como tirar com a mao da boca do bebe de 4 meses.

    • Prezado Jonas,
      Em geral, durante um acesso de tosse coqueluchoide, basta segurar o bebê firmemente, no colo. A baba é normal e não deve tentar tirá-la com a mão, nem introduzir nada na boca da criança Alguns bebês, diante da gravidade dos acessos, necessitam de internação clínica.Como o blog não substitui uma consulta, sugiro que converse com seu pediatra. Ele é a melhor pessoa para avaliar seu filho e lhe orientar.

  113. Olá Dr. Roberto, meu filho tem 12 anos e de uns 02 meses pra cá ele vem tendo uma tosse seca durante o dia, e a noite se repete, ele acorda engasgado, tossindo muito, com muita falta de ar e em seguida vem o vômito, já levei ao pediatra, fez uma série de exames: ECG, sangue, urina e etc… estou ficando muito preocupada pois isso se repete todas as noites, não sei mais o que fazer. Por favor me ajude!!!!!

    • Prezada Tatiana,
      Como o blog não substitui uma consulta, seria irresponsabilidade minha opinar sobre o seu filho. Sugiro que ouça uma segunda opinião médica ou um pneumologista pediátrico. Tosses que duram 2 meses merecem investigação. Existem muitas causas para explicar esta tosse e seu filho merece um acompanhamento. Espero que compreenda esta limitação do blog.

  114. Dr. Tenho um bebê de 4 meses que já teve 3 resfriados fortes. Agora acabamos o tratamento com corticóide para uma possível bronquite mas mesmo assim continua tossindo muito. Ele está mamando bem, ri muito e não tem dificuldade para dormir mas estou muito preocupada pois mesmo com as inalações e o medicamento ele não melhora! Alguma sugestão? cada vez que procuro o PS é um novo remédio!!!

  115. Comecou com uma simples tosse. Depois de uma semana, a tosse ficou mais forte e quando acaba tranca a garganta, nao conseguindo respirar. Fica alguns segundos com a garganta trancada. Agora depois da tosse vem o vomito e tranca a garganta. Isso pode ser coqueluche?

  116. POR FAVOR,ME AJUDE! Meu filho tem 4 anos e meio e foi diagnosticado com coqueluche por um pediatra com exames clinicos,cintomas bem classicos,já foi medicado com antibioticos e nebolizações devido a um catarro prezente,só que ele tá tossindo(embora moderadamente esse mes)desde Desembro de 2013,ou seja,a 5 meses,pelo que vi em sua postagem,os antibioticos evitão principalmente a transmisão da coqueluche e não própriamente curão a mesma,a pergunta então é a seguinte…a tosse da coqueluche vai embora por si só apóz o tratamento com antibioticos?após o tratamento,só resta esperar ela passar sózinha?

    • Prezado Rodrigo,
      Como o blog não substitui uma consulta, seria irresponsabilidade minha opinar sobre a sua filha. Sugiro que converse com o seu pediatra. Ele é a melhor pessoa para lhe orientar. Falando de Coqueluche de um modo genérico, a tosse deveria ir embora sozinha, em um prazo de 3 a 4 meses. Se seu filho continua tossindo com a mesma intensidade, vale a pena levá-lo ao pediatra para uma reavaliação.

  117. Boa noite Dr. Roberto Meu filho foi diagnosticado com coqueluche ele tem três meses, a uma semana acabou o antibiótico e ele recebeu alta.Minha dúvida e q msm tendo alta a tosse se.mantem em proporção.bem menor, antes ele tinha crises 7 vezes numa madrugada, tendo a.tosse intensa com guincho e cianose hj ele ter 1 a 2 crises de.tosse curta mais às vezes faz o guincho e vejo q procura o ar às vezes sem fazer cianose.

    • Prezada Ivaneise,
      O tratamento para a Coqueluche não cura a criança. Reduz a transmissão da doença e pode reduzir a duração da mesma. Mas, a tosse da Coqueluche demora muito para terminar. Os chineses a chamam de “tosse dos 100 dias”. Portanto, seu filho deverá ter tosse, ainda por um bom tempo. Mas, não deixe de levá-lo ao pediatra para que este possa acompanhar a sua evolução.

  118. Boa noite Dr Roberto, minha filha tem 2 meses e foi diagnosticada com a coqueluche. Está sendo medicada em casa com Eritromicina há 5 dias sendo que começou a apresentar os primeiros sintomas há 20 dias atrás. Referente a tosse ela está bem melhor mas agora ela está com tipo um refluxo transparente e para na garganta causando engasgamento e em seguida a tosse quando está dormindo. Gostaria de saber se esse refluxo é normal? costuma demorar para sumir?
    Parabéns pelo blog, bem completo!
    Obrigada.

    • Prezada Thais,
      Como o blog não substitui uma consulta, seria irresponsabilidade minha opinar sobre a sua filha. Sugiro que converse com o seu pediatra. Ele é a melhor pessoa para lhe orientar. A Coqueluche é uma doença de longa duração. Os chineses a chamam de “tosse dos cem dias”. Mas, não deixe de falar com seu pediatra.

  119. Oii, gostaria de saber como descobrir se a coqueluche do meu filho está melhorando, ele esta tomando anti biotico…. Como vou saber que o anti biotico ñ ta funcionando só para o virus ñ infectar outras peśsoas ?

    • Prezada Tata,
      O antibiótico usado para a Coqueluche pode reduzir, um pouco, a duração da doença. Mas, seu principal uso é para reduzir a transmissão a doença. Portanto, não há nenhum teste para ser feito.

  120. olá doutor boa tarde com esses depoimentos fico um pouco mais tranquila meu filho tem 8 anos e começou a tossir por duas semanas levei ele ao pediatra e depois de alguns dias foi detectado coqueluche entrei em panico e tem noite que ele tosse 1 vez mas tem noites que é terrível ele fica sem ar e desesperado e agora já está mudando o catarro já está amarelo ele também tomou a vacina mas mesmo assim está com a doença tenho muito medo quando ele fica sem ar estou dando leucogen e fazendo inalação com soro .

    • Prezada Clarinda,
      Obrigado por participar do blog com seu depoimento. Muitas pessoas acreditam que a Coqueluche seja uma doença “do passado”. Não é. É uma doença do presente, que causa muita preocupação, principalmente porque a tosse persiste por 10 a 12 semanas.

  121. Oi Dr. Minha filha de 8 meses esta com coqueluche ela início o tratamento com xarope estolato de eritromicina logo no começo dos sintomas, não chegou a vomitar, porém ela teve diarreia e com a força que ela fazia saiu sangue e parei de dar o remédio, ela tomou durante 4 dias, a Dra que atendeu ela falou que fiz certo parar ,mas os sintomas podem voltar e não poderei dar este remédio de novo. Pergunta o que devo fazer se voltar?
    E quantos dias a diarreia deve parar? Ela esta fazendo cocô 2 a 3 x ao dia e muito aguado com uma gosminha.
    Dês de já obrigado

  122. Dr Roberto, meu bebe tem 1ano e 4 meses ,eu atrasei a vacina dele por estar em falta na minha cidade,entao ele tomou a de varicela e a pneumo que estavam disponivel, e a polio e dtp ficou pra outro dia do mesmo mes eu atrasei e ele esta com coqueluche se tratando com eritromicina e prednisolona, agora doutor me oriente de como devo proceder com as vacinas restantes pelo amor de DEUS,muito grata e muito obrigada, DEUS te abençoe

    • Prezada Rosangela,
      Seu filho deverá fazer as vacinas atrasadas, inclusive a DTP (que possui um componente contra a Coqueluche). A data para dar essas vacinas vai depender de quanto tempo ele tomou ou tomará a prednisolona. Por esse motivo, recomendo que converse com seu pediatra, para que lhe oriente.

  123. Olá, meu filho tem 4 meses e foi convidado para uma festinha de aniversário mas lá estará um bebê que teve coqueluche há mais ou menos 1 mês. É perigoso este contato ou o fato de o bebê já ter se curado elimina a possibilidade de contágio por ele??

      • Valéria,
        Na dúvida, não colocaria juntos. Simplesmente por uma questão de segurança. Em tese, se o bebê “curado” tomou 5 dias de um determinado antibiótico, não seria mais transmissor. Por outro lado, os sintomas da Coqueluche não desaparecem em um mês. Será qeu o bebê teve realmente Coqueluche? Costumo ser muito liberal nos meus comentários. Só não sou com questões de segurança. Pergunte ao seu pediatra o que ele acha. Ele é a melhor pessoa para lhe orientar.

  124. Dr. uma tosse alérgica pode apresentar sintomas parecidos com os da coqueluche, como tosse com vomito e crises de tosse acompanhada de dificuldade para respirar.

    • Prezada Karla,
      Fico receoso de responder porque me parece que está pensando em uma pessoa em especial. Mas, do ponto de vista teórico, sim, uma tosse alérgica pode, se for muito intensa, se parecer com a tosse da Coqueluche. No entanto, em geral, a tosse da Coqueluche é mais longa (mais tosses por “acesso”). Sugiro que procure um médico, caso esteja pensando em uma pessoa específica, com tosse.

  125. Estou grávida e tomei a vacina hoje 14.05.14 gostaria de saber se é necessário que o meu filho de 13 anos tome tb ele tem bronquite mais está com a carterinha de vacinação em dia e faz tempo que não tem mais crise de bronquite mesmo assim gostaria de saber se é necessário que ele também tome a vacina ,desde já agradeço uma ótima noite.Meu nome é Juliana Kelly Lima da Fonseca.

      • Juliana,
        Entendi melhor sua pergunta. Não há uma referência clara para a situação que descreve. Na dúvida, eu faria um reforço com tríplice bacteriana adulto, acelular, no seu filho e em todos que terão contato próximo e contínuo com o bebê.

    • Prezada Juliana,
      Seria necessário ver a caderneta de vacinação dos eu filho, para lhe responder. Sugiro que fale com o seu pediatra para que ele lhe oriente sobre que vacinas ainda precisam de reforço e se, eventualmente, seu filho deixou de tomar alguma vacina. Nosso programa de vacinação é excelente, mas, algumas poucas vacinas não são ofertadas no setor público (Hepatite A, Varicela, HPV para meninos).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s